Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

“Se o campeonato continuasse, algo ainda pior poderia acontecer”, diz zagueiro do São Bernardo FC, líder da Série A2 do Paulistão

Capitão Leandro Amaro ressalta importância da parada na temporada devido ao coronavírus, mas entende que é preciso manter o foco na Série A2

Adriano Oliveira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/ Facebook São Bernardo FC

Pela última rodada da Série A2 do Campeonato Paulista, o São Bernardo FC recebeu o Monte Azul no estádio Primeiro de Maio e superou a equipe do interior pelo placar de 1 x 0. Após duas derrotas, quatro empates, seis vitórias e 61% de aproveitamento, o Tigre lidera a competição com 22 pontos, um a mais que o Taubaté, o segundo colocado.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Restando apenas três partidas para o fim da primeira fase, nenhum clube se classificou de forma antecipada para as quartas de final da Série A2, porém o time do ABC paulista tem a vaga encaminhada. Devido à pandemia do coronavírus e de modo a combater a disseminação do contágio pela infeccção, o campeonato foi paralisado por tempo indeterminado.

Todos os jogadores do elenco foram dispensados pelo São Bernardo FC para ficarem em casa e o departamento médico e de preparação do clube encaminhou aos atletas informações sobre a necessidade de cuidados preventivos à contaminação da doença, além de orientações que visam manter o condicionamento físico.

“Realmente estamos muito preocupados com tudo o que está acontecendo não só aqui no Brasil, como no mundo todo. Toda essa pandemia nos deixa em alerta. Temos que nos cuidar, cuidar dos nossos familiares e torcer para que tudo isso seja resolvido o quanto antes”, declarou Leandro Amaro, zagueiro e capitão da equipe.

O jogador de 33 anos ressalta a importância da paralisação na temporada para conter a propagação do coronavírus, mas reconhece que é preciso buscar manter a forma e continuar concentrado na disputa e liderança da Série A2 do Paulistão.

“Quando recebemos o comunicado que o campeonato seria paralisado, eu concordei na mesma hora. Nesse momento temos que pensar em tudo o que envolve não só na nossa vida de atleta, mas de todas as pessoas. Se o campeonato continuasse, algo ainda pior poderia acontecer”, alerta o zagueiro. E completa:

“Estamos na liderança da A2. O time estava bem em campo. Agora, mesmo com essa paralisação, temos que seguir focados. Temos que treinar, cuidar da saúde, mas seguir com foco na competição (…) Recebemos as orientações do departamento médico e de preparação física. Cada atleta está treinando em sua casa. Temos que seguir focados também na competição. Espero que tudo isso passe o mais rápido possível e que as pessoas possam ter de volta sua rotina diária”.

LEIA MAIS

Paulistão Série A2: diferença do líder para o oitavo colocado é de apenas quatro pontos

Técnico do São Bernardo FC exalta liderança na Série A2 do Paulistão, mas pondera: “Ainda faltam três jogos”

Atacante do Santo André se diz “orgulhoso” por liderança geral do Paulistão e ressalta necessidade de paralisação

Coronavírus no esporte: siga AO VIVO as últimas atualizações