Médico do Atlético abre o jogo e fala sobre a situação de Gustavo Blanco

 

Eder Bahúte
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Bruno Cantini

O Atlético-MG deverá contar com um reforço importante na retomada das atividades. Após um período longo inativo, o volante Gustavo Blanco, enfim, estará à disposição para retornar aos gramados. O otimismo vem do médico do clube, Dr. Rodrigo Lasmar.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Antes mesmo da paralisação por conta do coronavírus, Blanco já fazia alguns treinos leves com bola e estava perto de ser liberado para se juntar ao restante do elenco. No cenário atual, a tendência é que na volta ele já esteja em condições de ser reintegrado.

“O Blanco vem numa fase final de recuperação. Se não tivéssemos a parada pelo coronavírus, ele já estaria treinando com o grupo. Na semana que antecedeu o encerramento das atividades no CT, ele estava finalizando conosco todo o trabalho. Na semana seguinte, ele já estaria sendo entregue à preparação física e, consequentemente, ao treinador para estar à disposição. Ele já vem num trabalho físico bem intenso. Então, a questão física não deve ser um grande problema. Acreditamos que, assim que terminar a interrupção dos trabalhos por causa da pandemia, o Blanco já esteja à disposição para se juntar ao grupo, à disposição do Sampaoli. É um grande reforço que teremos”, disse Lasmar, durante live da TV Galo.

Você pode ganhar uma camisa comemorativa exclusiva! Abra a sua conta meu BMG Galo!

Blanco sofreu duas lesões sérias de ligamento no joelho. A primeira ocorreu em 2018, durante um treino. Em janeiro de 2019, quando já era parte final da recuperação voltou a se lesionar na mesma região.

“Ele passou por duas cirurgias para reconstrução do ligamento cruzado anterior. A primeira foi há dois anos. No ano passado, em fevereiro, ele teve outra lesão, mais grave, e acabou rompendo novamente o ligamento e teve outras lesões associadas. Isso fez com que a sua recuperação demandasse um cuidado, um trabalho de excelência, para que ele estivesse nas melhores condições, como ele se encontra agora. A nossa expectativa com relação a ele é muito positiva”, concluiu Lasmar.

LEIA MAIS: