Pratto perde espaço no River e saída não é descartada; agente fala sobre o futuro

Pratto tem sido pouco utilizado por Marcelo Gallardo e sua permanência é incerta

Eder Bahúte
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Getty Images

Desde 2018 no River Plate, Lucas Pratto vive o momento de maior incerteza no clube argentino. De herói da Libertadores da América, para a reserva de Matías Suárez. Sem o protagonismo de anos anteriores, o futuro do jogador de 31 anos é uma grande incógnita.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“Quando o futebol recomeçar, vamos nos sentar e ver como continuamos. É desconfortável para todos que Lucas não tenha continuidade”, declarou Gustavo Goñi, representante de Lucas Prato, ao TNT Sports.

As poucas oportunidades no time de Marcelo Gallardo incomoda o agente do atacante. “A idéia é conversar e ver como tudo continua. Gallardo escolheu apostar em dois atacantes [Borré e Suárez] na última vez e funcionou, mas para Lucas não jogar é algo que não ajuda, é preciso sentar e ver como ele continua. Lucas se recuperou e estava em um estado ideal para jogar, mas ele não podia mais ter continuidade e que, devido ao seu físico, jogou contra ele. Ele precisa de minutos em campo”, ressalta.

Lucas Pratto chegou ao River Plate no começo de 2018 como a contratação mais cara da história do clube. Os argentinos aceitaram pagar 11,5 milhões de euros para tirá-lo São Paulo.

Recentemente, o Internacional aventou com a possibilidade de repatriar o atacante que seria um desejo de Eduardo Coudet, mas as tratativas não avançaram. Ídolo no Atlético, Pratto sempre tem seu nome ventilado para uma eventual volta a Belo Horizonte.

No início de março, o jornalista argentino Martín Castilla cravou que ‘Urso’ deixará o River Plate para retornar ao Galo a partir de junho.

Lucas Pratto defendeu o Atlético entre 2015 e 2017. Ao todo, foram 42 gols em 107 partidas