Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Efeito Sampaoli? Ricardo Oliveira, Di Santo e mais quatro jogadores estão fora dos planos do Atlético Mineiro

Atletas não foram convocados pelo Atlético para realização do teste para o Covid-19 na próxima segunda-feira

Raphaela Silva
Colaboradora do Torcedores.com.

Foto: Getty Images

Cerca de 20 jogadores do Atlético Mineiro foram convocados pelo clube para realizarem o teste para o Covid-19 na próxima segunda-feira (11), na Cidade do Galo, em Vespasiano. Seis jogadores do elenco não foram convocados para o teste e estão fora dos planos do técnico Jorge Sampaoli. Dentre eles estão os atacantes Ricardo Oliveira e o argentino Franco Di Santo, que foram titulares na vitória de 3-1 sobre o Vila Nova, último jogo antes da paralisação do Campeonato Mineiro.

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Além dos atacantes, os outros quatros atletas que não serão aproveitados por Sampaoli são Edinho, José Welison, Lucas Hernández e Ramon Martínez. As informações foram primeiramente divulgadas pela Rádio Itatiaia e posteriormente confirmadas pelo Globoesporte.com.  Segundo informações, o Atlético irá analisar cada caso, já que alguns jogadores possuem mais alguns anos de contrato e outros receberam propostas de outros clubes.

Ricardo Oliveira

O veterano de 40 anos chegou ao Galo em 2018, para substituir o atacante Fred, que havia retornado ao Cruzeiro. O atacante tem contrato com o clube mineiro até o final de 2020. Desde que chegou ao Atlético, Ricardo Oliveira não conseguiu repetir o mesmo sucesso que teve no Santos. Ele foi muito criticado pela torcida, mesmo sendo o artilheiro do time nas duas primeiras temporadas. Ao todo foram 37 gols marcados em 110 jogos.

Franco Di Santo

O argentino chegou ao Galo em agosto do ano passado e assinou um contrato até dezembro deste ano. Ele também foi muito contestado pela torcida atleticana. O Atlético não acionará a cláusula de renovação de contrato automática do jogador, que iria até 2023.

Edinho

O meia-atacante deverá voltar ao Fortaleza, clube onde teve uma ótima passagem antes de ser comprado pelo Atlético, em 2018.  Edinho tem contrato com o clube até 2023.

Lucas Hernández e Ramon Martínez

Os contratos do uruguaio e do paraguaio, respectivamente, vão até 2022. Hernández fez apenas sete jogos com a camisa do Atlético, enquanto Martínez fez quatorze. A alternativa no caso dos dois poderá ser um empréstimo para equipes de fora do país. O Peñarol manifestou o interesse em contar novamente com o lateral Lucas Hernández, mas poderá ter a concorrência do Estudiantes.

José Welison

O volante chegou ao clube mineiro em 2018 por empréstimo, mas no ano seguinte assinou um contrato de cinco anos. José Welison ganhou oportunidades com o técnico venezuelano, Rafael Dudamel. O jogador sempre foi alvo de críticas da torcida alvinegra.

LEIA MAIS:

Agressões, provocação e cusparada: Relembre 5 expulsões marcantes de Deyverson no Palmeiras

Após paralisação devido à pandemia, elenco do Barcelona retorna aos treinos