Só craques! Luis Suárez, Edinson Cavani, Diego Forlán e Loco Abreu são os maiores artilheiros da Seleção Uruguaia

O Torcedores.com fez o levantamento dos dez maiores artilheiros da Seleção Uruguaia

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação /Conmebol

O futebol uruguaio é conhecido mundialmente como, mesmo sem ter o alto investimento do futebol europeu, maior centro do esporte no mundo, consegue mesmo assim, formar grandes jogadores, além de criar grandes artilheiros que ficaram marcados por gols importantes e inúmeros títulos nas últimas temporadas.

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Siga o Torcedores também no Instagram

E, com a camisa celeste, alguns jogadores ficaram famosos por terem grande nível de atuação pela Seleção, e com isso, entraram na lista de maiores artilheiros da história do Uruguai. Luis Suárez, Edinson Cavani, Diego Forlán e Loco Abreu são casos de centroavantes uruguaios que fizeram sucesso no futebol mundial.

Acompanhe as notícias do seu time pelo Facebook

Basta ter olho clínico: se o centroavante do seu clube de coração estiver devendo, basta buscar no futebol uruguaio um legítimo camisa 9 para acabar com a má fase. Afinal, é muito comum ver brasileiros, espanhóis, franceses, italianos e ingleses indo atrás dos astros da seleção comandada por Óscar Tabárez.

Pensando nisso, o Torcedores.com apresenta abaixo os 10 maiores artilheiros da Seleção Uruguaia de todos os tempos. A lista, antes de mais nada, tem craques “El Pistolero”, “El Matador”, “La Bruja”, “El Loco”, “El Potrillo” e “El Pato”. Descubra quem são eles!

Carlos Aguilera

“El Pato” Aguilera, é ídolo das torcidas do Nacional e Peñarol. Com passagens pelo Genoa e Torino, ambos da Itália, o atacante defendeu disputou as Copas do Mundo de 1986 e 1990. Pela Seleção Uruguaia, marcou 23 gols em 65 jogos.

Fernando Morena

“El Potrillo”, integrou o elenco do Flamengo na conquista do Campeonato Brasileiro de 1983. Porém, teve passagem sem brilho com a camisa rubro-negra. A princípio, ele foi dispensado por deficiência técnica. Posteriormente, o goleador uruguaio defendeu o Boca Juniors. Logo depois, encerrou a carreira no Peñarol. Com a camisa celeste, Morena disputou 54 jogos e marcou 22 gols.

Pedro Petrone

“El Perucho”, venceu para o Uruguai a medalha de ouro nas Olimpíadas de Paris, em 1924, e Amsterdam, em 1928. Por isso, a Seleção passou a ser conhecida pelos adversários como “Celeste Olímpica”. Além disso, Petrone conquistou a Copa do Mundo, em 1930. Ele, nesse ínterim, marcou 24 gols em 29 jogos.

Loco Abreu

Washington Sebástian Abreu Gallo conquistou a Copa América de 2011. Além disso, o ídolo do Botafogo disputou o Mundial da África do Sul, em 2010. Foi decisivo na vitória, nos pênaltis, sobre Gana. Na disputa de pênaltis, “El Loco” cobrou a última penalidade e marcou, de cavadinha, o gol que garantiu o Uruguai nas semifinais do torneio. Ao todo, marcou 26 gols em 70 jogos pela Celeste.

Óscar Míguez

“El Catorra” foi titular da Seleção Uruguaia na conquista da Copa do Mundo de 1930. O atacante é, até hoje, o maior artilheiro do Uruguai em Mundiais. Ele soma oito gols pela Celeste. Ao todo, Míguez disputou 39 jogos e marcou 27 gols pela Seleção Uruguaia.

Ángel Romano

Atuou pela Seleção Uruguaia entre 1911 e 1927. Conquistou, nesse ínterim, para o Uruguai a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Paris, em 1934. “El Loco”, como era conhecido pelos torcedores, atuou por Peñarol e Boca Juniors. Pela Celeste, marcou 28 gols em 68 jogos.

Héctor Scarone

“El Mago” é considerado um dos maiores atacantes da história do futebol uruguaio. Héctor Scarone integrou a Seleção na conquista da medalha de ouro nas Olimpíadas de Paris, em 1924 e Amsterdam, em 1928. Além disso, ele venceu a Copa do Mundo de 1930. Ele marcou 31 gols em 52 partidas com a camisa celeste.

Diego Forlán

Filho do ídolo uruguaio Pablo Forlán, “La Bruja” defendeu a Seleção entre 2002 e 2014. O atacante, nesse ínterim, conquistou a Copa América de 2011. Forlán, inclusive, disputou as Copas do Mundo de 2002, 2010 e 2014. Com a camisa Celeste, marcou 76 gols em 112 gols. O ex-jogador do Internacional atualmente é técnico do Peñarol.

Edinson Cavani

Desafeto de Neymar, “El Matador” disputou sete grandes torneios pela Seleção Uruguaia: Copa do Mundo (2010, 2014 e 2018), a Copa das Confederações (2013), além da Copa América (2011, 2015 e 2016). Com isso, Cavani se tornou um dos maiores artilheiros da Celeste Olímpica. Ele, nesse ínterim, marcou 50 gols em 116 partidas.

Luis Suárez

O atacante, de 33 anos, é o maior artilheiro da Seleção Uruguaia. Com 59 gols em 113 partidas, Luisito defende o país desde 2007. Com isso, ele acumulou o título da Copa América de 2011. Além disso, foi eleito o melhor atacante do torneio continental. Atualmente, Luis Suárez forma com Lionel Messi o ataque do Barcelona.

LEIA MAIS: