Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

7 estrelas do futebol que já recusaram propostas salariais milionárias

Seis jogadores e um treinador rejeitaram propostas estratosféricas

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Divulgação/Real Madrid

Vários jogadores de futebol são acusados de serem “mercenários” por deixarem determinado clube para irem até outro que o pague melhor. Porém, algumas estrelas do esporte já surpreenderam e abriram mão de quantias milionárias de salário para seguirem em seus projetos pessoais e de vida.

O tablóide inglês The Sun publicou nesta quinta-feira (22) uma lista com sete estrelas do futebol mundial que já recusaram propostas salarias milionárias. Veja:

Cristiano Ronaldo

O craque português já rejeito um salário de 1,7 milhões de libras (R$ 12,4 milhões) por semana de um clube chinês em 2018, quando deixava o Real Madrid para defender a Juventus. Segundo o The Sun, seu salário atual na Juve é de “apenas” 540 mil libras (R$3,9 milhões) por semana.

Lionel Messi

Segundo o jornal, após a recusa de Cristiano Ronaldo, o mesmo clube chinês, que se manteve no anonimato, fez a mesma oferta para Lionel Messi, nos mesmos valores e moldes, mas ouviu mais uma vez a recusa.

José Mourinho

O técnico português José Mourinho recusou uma oferta salarial de 540 mil libras (R$3,9 milhões) para ser o treinador mais bem pago do mundo no Guangzhou Evergrande, da China. Poucos meses depois fechou com o Tottenham.

Juan Mata

O meia Juan Mata, do Manchester United, não é uma estrela do futebol como Messi e Cristiano Ronaldo, mas também recusou uma oferta milionária para seguir no alto nível. Um clube árabe não citado ofereceu nada menos que um salário semanal de 220 milhões de libras (R$1,6 milhões) ao espanhol, que prontamente o recusou.

David Luiz

O zagueiro brasileiro David Luiz recusou uma oferta semelhante à de Mata, também de 220 milhões de libras (R$1,6 milhões), mas de um clube do Qatar, assim que deixou o Chelsea. O defensor preferiu assinar com o Arsenal.

Willian

O meia brasileiro recusou em 2019 uma oferta do Shangai Shenhua, da China, de 210 milhões de libras (R$1,5 milhões), quando ainda defendia o Chelsea. Além disso, o clube chinês ainda ofereceu um apartamento em seu nome, dois carros com motoristas e o pagamento de passagens aéreas quando quisesse.

Luiz Suárez

O atacante uruguaio teria recusado em dezembro de 2019 uma oferta de um clube chinês não-nomeado na casa das 500 mil libras (R$3,6 milhões). O jogador preferiu seguir no Barcelona até o fim da temporada para então assinar com o Atlético de Madri.

Leia mais:
Narrador vascaíno entra em desespero com 2º gol do Corinthians