Torcedores – Notícias Esportivas

Gil elogia Mancini, mas diz que saídas de Tiago Nunes e Coelho “atrapalharam muito” o ano do Corinthians

Zagueiro do Corinthians afirmou que Vagner Mancini é “aberto e tranquilo” e relata que ele “divide as responsabilidades”

Rafael Alves
Colaborador especialista.

Crédito: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

O zagueiro Gil entrará em campo pelo Corinthians no penúltimo jogo do ano. A partida será contra o Goiás, pela 26 ª rodada do Brasileirão, na Neo Química Arena. Nos últimos dias de 2020, o zagueiro ressaltou o que atrapalhou o ano do clube alvinegro.

“Foi um ano muito atípico. Tivemos essas trocas de treinadores, saídas e chegadas de jogadores e eliminações que atrapalharam a nossa sequência, além de uma pausa grande. O sentimento, claro, é de que poderíamos ter feito mais, até pelo que temos apresentado no momento”, disse Gil ao ge.

“Sempre tivemos consciência de que tínhamos um elenco bom e que poderia dar certo, mas não vieram títulos. O ano está encaminhando para terminarmos de uma maneira melhor, mas temos alguns objetivos no Brasileiro e vamos em busca deles”, comentou.

Gil vive grande fase desde a chegada do treinador Vagner Mancini. O clube, inclusive, sonha com a possibilidade de disputar a Copa Libertadores de 2021. O zagueiro elogiou o comandante e citou liberdade do elenco para falar com o comandante.

“O Mancini é muito aberto e tranquilo em relação a isso. Ele dá liberdade para os jogadores falarem e os mais experientes muitas vezes tomam a frente. Isso é importante, pois divide as responsabilidades. Como ele também foi jogador, ele entende essas situações, mas também já faz parte do estilo de trabalho dele”, afirmou Gil.

VEJA TAMBÉM:

Mancini rasga elogios a promessa de 18 anos do Corinthians: “Está nos planos”

Mancini indica titularidade de Jô e mudança no meio contra o Goiás

Jemerson joga? Mancini cita Marllon e Mendez, e diz que “não é o momento”