Após testar positivo, Lamar Jackson fala sobre coronavírus: “Parecia que eu não joguei por uma temporada inteira”

Ao site oficial do Baltimore Ravens, franquia que defende na NFL, Lamar Jackson também relatou saudade dos companheiros de equipe

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Youtube/Reprodução

Até o dia 24 de dezembro, são contabilizados quase 79 milhões de casos de coronavírus em todo o planeta. Na Terra, são mais de um milhão e setecentos mil mortos. O país com mortos está na América do Norte. Nos Estados Unidos, são mais de 18 milhões e meio de casos, com mais de 320 mil mortes – recordes mundiais. Um dos norte-americanos que testou positivo para o vírus foi Lamar Jackson.

Quarterback do Baltimore Ravens, da National Football League (NFL), Lamar Jackson destacou como se sentiu com coronavírus. A falta de fôlego foi destacada, bem como a saudade dos companheiros de equipe. “Eu não desejaria isso a ninguém. Não é bom ter. Parecia que eu não joguei por uma temporada inteira. Eu pensei ‘é bom estar de volta com meus caras’. Mesmo no treino, entrando no vestiário e outras coisas, eu ficava tipo ‘cara, eu mal podia esperar para ver vocês, seus rostos’. Foi como duas semanas que eu não vi esses caras. Eu mal podia esperar para chegar lá e me apresentar para eles. Eu sei o quanto isso significaria para nós ganharmos jogos”, destacou, falando ao site oficial da franquia.

Sem Lamar Jackson, o Baltimore Ravens teve uma sequência negativa: três derrotas consecutivas. A franquia, por sinal, teve um surto de coronavírus que fez com que a peleja contra o Pittsburgh Steelers fosse adiada duas vezes.

LEIA MAIS
Chamado de “bonitão” por companheiro, experiente quarterback da NFL afirma: “Ainda tenho gasolina no tanque e posso fazer muito mais”
Torcedor que usou laser para atrapalhar Tom Brady na NFL é condenado a pagar multa e jamais entrará em estádio novamente
Nike cancela lançamento de tênis que tinha bandeira dos EUA ligada à segregação racial após protesto de ex-jogador da NFL