10 milhões? Ex-vice do Atlético atualiza valor da dívida de Fred

Hoje no Fluminense, Fred foi condenado a ressarcir o Atlético por conta da sua transferência para o Cruzeiro, em 2018

Eder Bahúte
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgacao/Atlético

O Atlético irá reencontrar Fred na próxima quarta-feira, quando o Galo terá frente o Fluminense, às 21h30 (de Brasília), no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, pela 35ª rodada do Brasileirão. Antes, porém, o clube mineiro e o centroavante já haviam travado uma dura disputa nos tribunais.

Após longos meses, Fred foi condenado pela Câmara Nacional de Resoluções de Disputas (CNRD) a pagar a multa rescisória imposta pelo Atlético quando o jogador se transferiu para o Cruzeiro, em 2018. Na ocasião, o valor era de R$ 10 milhões. O camisa 9 chegou a recorrer na Centro Brasileiro de Mediação e Arbitragem (CBMA), mas sem sucesso.

Agora, depois de todo o processo finalizado, o montante subiu para a casa dos R$ 18 milhões, segundo os cálculos de Lásaro Cândido da Cunha, ex-vice presidente do Atlético e que chefiou o departamento jurídico do Galo neste embate.

O jogador receberá prazo de 10 dias para pagar o Atlético de forma voluntária, com os R$ 10 milhões atualizados, acrescidos de juros e honorários.

– Ontem tivemos a decisão final arbitral, em segunda instância. Ganhamos, de novo. Agora, na parte da manhã, eu atualizei o débito pelos índices que foram fixados na sentença final. E o valor atual é esse aí: R$ 18.654.417. É isso mesmo, o valor corrigido – disse Lásaro.

A multa de R$ 10 milhões foi definida entre Atlético e Fred no contrato de rescisão do atacante, em dezembro de 2017. Mesmo ciente, o Cruzeiro decidiu fechar com o jogador.

LEIA MAIS: