Gabigol justifica estreia antecipada e avalia participação em Boavista x Flamengo: “Me senti um tiozinho”

Atacante do Flamengo esteve em campo pela primeira vez na temporada 2021

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Marcelo Cortes - CRF

Após pedido feita para comissão técnica, Gabigol antecipou sua estreia na temporada 2021. Dessa forma, como Pedro está machucado, o camisa 9 iniciou o jogo diante do Boavista entre os titulares. Apesar de ter passado em branco no empate por 1 a 1, o atacante projetou sua melhora com o passar do tempo, já que vai adquirir ritmo de jogo.

“Sou muito fominha. Vou iniciar minha terceira temporada no Flamengo e quero curtir todos os momentos. Fiquei feliz de poder voltar. Estava ansioso. Pena que não teve a vitória. Sempre que tiver um jogo, independente de onde seja, eu vou querer jogar. Procurei treinar dentro deste jogo. Aos poucos eu vou melhorando. Acho que daqui alguns jogos vou estar 100%. Os treinamentos foram muito bons mesmo. Venho evoluindo. Foi bom jogar e pegar um pouquinho de ritmo”, declarou em coletiva.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Escalado ao lado de vários jovens, Gabigol, de 24 anos, brincou sobre ser um dos mais “experientes” no time do Flamengo. Portanto, ele buscou incentivar os atletas que ainda buscam ganhar espaço na equipe.

“Me senti um ‘tiozinho’ hoje. Mas foi muito bom. Apesar de ser novo, já passei por muitas coisas. Disse a eles que, independente do gramado e do adversário, a oportunidade está aí para ser aproveitada. Um jogo às vezes muda a vida. Foi uma experiência legal“, completou.

LEIA MAIS