Saiba quem são as sete maiores vendas do Internacional na história

Confira os jogadores que mais renderam euros em negociações em toda a história do Colorado. São as sete maiores vendas da história do Internacional

Lucas Mello
Colaborador do Torcedores

Crédito: Leandro Damião foi a sétima maior venda da história do Internacional - Ricardo Duarte/Internacional

Grande parte das maiores vendas do Inter surgiram como jogadores revelados ou que ganharam destaque no clube durante suas passagens. As grandes conquistas da equipe neste século fizeram com que jogadores se valorizassem e as vendas superassem em muito, nos números absolutos, a negociação recorde da negociação de Falcão com a Roma nos anos 1980.

Confira abaixo as sete maiores vendas da história do Internacional

*O valor das negociações é em Euro, moeda mais usada nas transferências internacionais.
*Conteúdo baseado nas informações do site TransferMarkt

7° – Leandro Damião (atacante) – Santos (13 milhões de euros/ Dezembro de 2013)

O atacante surgiu com espírito artilheiro na conquista da Copa Libertadores de 2010. Apesar de ter mercado fora do país, acabou negociado com o Santos, no que foi o maior negócio entre clubes brasileiros até aquele momento. O Inter ficou com 70% do valor dessa venda.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

6° – Charles Aránguiz (volante) – Bayer Leverkusen-ALE (13 milhões de euros/ Agosto de 2015)

O volante destacou-se no meio de campo do clube gaúcho e logo chamou atenção do futebol europeu. O Inter queria 15 milhões de euros pelo jogador, mas vendeu por 2 milhões a menos. Contudo, o clube ainda tem 20% dos direitos do jogador em uma futura venda.

5° – Fábio Rochemback (volante) – Barcelona-ESP (13,6 milhões de euros/ Maio de 2001)

Logo no começo do século, o volante destacou-se pelo jogo duro que apresentava defendendo o Internacional. Chegou até a defender a seleção brasileira, convocado por Felipão. Foi negociado aos 19 anos.

4° – Alexandre Pato (atacante) – Milan-ITA (14,6 milhões de euros/ Agosto de 2007)

Revelação do Inter foi um dos grandes jogadores na conquista do título Mundial de 2006. Em agosto de 2007, ainda com 17 anos, o jogador foi vendido ao clube italiano, que pagou a multa rescisória do atleta, que era de 20 milhões de dólares, o equivalente a pouco mais de 14 milhões de euros na época.

3° – Fred (volante) – Shakhtar Donetsk-UCR (15 milhões de euros/ Junho de 2013)

Após três anos defendendo o Inter, o jogador foi negociado com o futebol europeu. O Colorado ficou com 70% do valor da venda na época, após negociação com o empresário do jogador.

2° – Nilmar (atacante) – Villarreal-ESP (16,5 milhões de euros/ Julho de 2009)

O atacante estava em sua segunda passagem pelo Inter e era um dos principais destaques do futebol brasileiro e seria jogador da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2010. Na venda para o futebol espanhol, o Inter ficou com 78% do valor da venda.

1° – Oscar (meia) – Chelsea-ING (31,9 milhões de euros/ Julho de 2012)

Campeão mundial sub-20 pela seleção brasileira e membro da seleção olímpica de 2012, foi apresentado aos Blues logo ao término dos Jogos de Londres. O valor correspondeu aos 50% dos direitos econômicos que o Inter tinha do jogador, que era considerado um dos melhores meias do futebol brasileiro.