Destaque com Sampaoli, Keno admite má fase em novo esquema do Atlético

Diferentemente com Sampaoli, Keno agora tem participação maior na marcação do Atlético; jogador admitiu que está devendo

Eder Bahúte
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgacao/Atlético

Um dos principais nomes do Atlético na temporada passada, Keno não consegue repetir em 2021 as boas atuações. Em entrevista coletiva online nesta quinta, o atacante admitiu que não vive de fato um bom momento. Segundo ele, Cuca pede para que os homens de frente se esforcem na marcação, o que dificulta sua explosão tradicional no último terço.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

“Sinto que estou devendo, me cobro muito, mas é questão de tempo. Não vai me abalar porque sei da minha qualidade, espero melhorar, não posso estar fazendo gols, mas me entrego dentro de campo, faço meu melhor, isso é o que mais importa. Gol vai sair naturalmente. A evolução do time é o que mais importa”, disse.

“O Cuca manda cada um fazer o seu papel. Então, eu estou fazendo meu papel, Savarino faz o dele, e o Hulk faz o dele. Se eu chego cansado para fazer o gol, isso acontece. A gente acaba fazendo o gol e descendo muito a linha. Isso dificulta na hora que tem um contra-ataque para sair, fica um pouco abafado. Isso o Cuca vai ter que ver o melhor para a equipe para mudar isso. Mas dando certo bola para a frente”, completou.

Veja também: Mercado da Bola: Atlético-MG fecha a contratação de dois atacantes

Sob o comando de Sampaoli, o lado esquerdo do Atlético era um dos mais eficientes com Arana e Keno. Ambos foram responsáveis por muitas ocasiões de gol. Keno explica a diferença tática agora com Cuca.

“Com o Sampaoli a gente jogava com uma estratégia de atacar bastante e dava certo. Com o Cuca, a gente joga com o Arana mais fixado, eu acompanhando o lateral, uma hora isso vai encaixar. A gente não pode pensar só em nós. A gente tem um treinador que conhece isso, então uma hora tem que dar certo. Acho que gente tem que mudar o jeito dentro de campo, na hora de poder atacar e alguém segurar um pouco para a gente poder fazer as jogadas e ajudar o clube”.”, concluiu.

Nesta temporada, Keno marcou apenas um gol em nove partidas.

LEIA MAIS:

Mercado da Bola: Atlético vence concorrência com Fla e fecha com zagueiro