Santos tem desfalque de última hora para ‘decisão’ na Libertadores

Santos corre sérios riscos de cair já na fase de grupos da Libertadores

Eder Bahúte
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgacao/Santos

O Santos viaja ainda hoje para o Equador, onde na próxima quarta-feira (26) encara o Barcelona de Guayaquil, às 21h (de Brasília), pela última rodada da fase de grupos da Libertadores. Para esta decisiva partida valendo vaga no mata-mata, o técnico Fernando Diniz terá um desfalque importante.

Segundo informações do ge.com, Marinho não viajará com a delegação. O atacante do Peixe está recuperado de uma lesão na coxa esquerda, mas ainda aprimora o condicionamento físico. Por isso, o departamento médico optou em vetar o jogador.

Além de Marinho, o Santos ainda não terá o volante Alison, que recebeu o cartão vermelho após a derrota para o The Strongest, na semana passada, em La Paz. Jean Mota, que levou o terceiro amarelo também cumpre suspensão diante dos equatorianos.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

O alvinegro vive uma situação delicada no Grupo C. Neste momento, é o terceiro colocado com seis pontos. Para avançar, precisará vencer o Barcelona e torcer para que o Boca Juniors não derrote os bolivianos, na Bombonera, em Buenos Aires.

A provável escalação do Santos é a seguinte: João Paulo, Pará, Kaiky, Luan Peres e Felipe Jonatan; Vinicius Balieiro, Kevin Malthus (Ivonei) e Gabriel Pirani; Ângelo, Kaio Jorge e Lucas Braga.