São Paulo foi o único grande paulista a reduzir custos com futebol durante a pandemia

Segundo estudo da ‘Sports Value’, o São Paulo é o único dos quatro grandes paulistas que conseguiu reduzir os gastos com o futebol no último ano

Diego Lucio Castro de Oliveira
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução/São Paulo

O desempenho em campo de cada time tem andado a cada dia mais lado-a-lado com as finanças do clube, e ter um caixa equilibrado ajuda e muito no desenvolvimento do futebol. Neste período de pandemia, isso tem se intensificado ainda mais, e os clubes tem passado certo perrengue para deixar as contas em dia.

Pensando nisso, a Sports Value fez um levantamento das movimentações financeiras dos quatro grandes paulistas nos últimos anos, para dimensionarmos o tamanho do impacto da covid-19 no futebol de SP.

Entre os números detalhados, destaca-se a situação do São Paulo. No que diz respeito aos gastos com futebol, o Tricolor foi o único que conseguiu uma redução. A queda foi de R$423 milhões em 2019, para R$332,2 milhões em 2020. Palmeiras, Corinthians e Santos acabaram aumentando seus respectivos custos. Os três conseguiram redução com salários e despesas administrativas, mas as transferências de jogadores geraram custos, que impactam no custo total do futebol.

Quanto cada clube grande de SP gastou com futebol depois do início da pandemia?

São Paulo:
423,7 milhões em 2019
332,2 milhões em 2020
Variação na pandemia: queda de 22%

Palmeiras:
508,4 milhões em 2019
519,7 milhões em 2020
Variação na pandemia: aumento de 2%

Corinthians
454,3 milhões em 2019
461,6 milhões em 2020
Variação na pandemia: aumento de 2%

Santos:
274,3 milhões em 2019
312,3 milhões em 2020
Variação na pandemia: aumento de 14%

Siga o Torcedores no Instagram e no Twitter

LEIA MAIS
10 contratações que parecem mentira, mas aconteceram

E se a moda pega? Árbitro sérvio é preso após marcar pênalti inexistente

Luciano diz que gol contra Corinthians lhe deu ‘confiança’ na partida

Em meio à pandemia, veja quanto seu time gastou com o departamento de futebol em 2020