Mercado da Bola: Ajax pode tirar capitão do maior rival por valor irrisório

Clube de Amsterdã pode protagonizar a transferência mais polêmica do mercado da bola

Alexander Rodrigues
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação - Twitter Oficial - @AFCAjax

A Holanda está em vias de testemunhar uma transferência que pode abalar as estruturas do país nesse mercado da bola de verão na Europa. Segundo o jornal holandês Telegraaf e o português A Bola, o Ajax está disposto a tirar Steven Berghuis, capitão e melhor jogador do seu maior inimigo Feyenoord de Roterdã.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Esta notícia por si só já seria motivo de muita polêmica, tanto da torcida do Ajax, que veria seu clube trazer um jogador tão identificado com o maior rival, quanto dos fãs do Feyenoord, que ficariam furiosos por perder uma referência logo para quem odeiam tanto.

Só que ainda tem um fato para agitar ainda mais os torcedores do Feyenoord, pois além de perder seu capitão para o Ajax, o time de Roterdã receberia apenas quatro milhões de euros (cerca de 23 milhões de reais) referentes à cláusula de rescisão do ponta de 29 anos.

Segundo a matéria, o gigante da capital holandesa já avisou que vai acionar a multa e Berghuis está vendo com bons olhos essa transferência, pois seria uma oportunidade de o atleta disputar a próxima UEFA Champions League com os Godenzonen, porém ele só confirmará após a Eurocopa.

Produto das categorias de base do Twente, Berghuis assinou com o Feyenoord em 2016. No total, o ponta soma 87 gols em 199 jogos na equipe de Roterdã.

Será que o Berghuis vai realmente deixar o Feyenoord para jogar no maior rival?

Fique ligado aqui no site Torcedores para saber tudo sobre o futebol no Brasil e em todo o mundo da bola!

Leia mais:

Mercado da bola: Messi pode sair do Barcelona devido a alto salário

Mercado da bola: Wolverhampton fecha com jogador do Manchester City

 Everton oferece mais de 100 milhões por brasileiro

Mercado da bola: estrela do Manchester City quer sair para jogar mais