Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

NBA anuncia os times ideais da temporada 2020-21; confira algumas curiosidades

Foram divulgados os três quintetos que formam os times ideais da NBA nesta temporada

Luís Martinelli
Jornalista, fã de esportes americanos (NFL, NHL, MLB e NBA), futebol australiano e de fantasy sports. Criador dos @BlogNEJ, @BrasilFooty e @ViciadoFSports

Crédito: Divulgação/NBA

Na noite desta terça-feira (15), a NBA anunciou os seus quintetos ideais da temporada 2020-21. Dessa forma, cada equipe conta com dois jogadores de perímetro, dois alas e um pivô.

Veja abaixo os times ideias desta temporada:

1st Team All-NBA

Giannis Antetokounmpo – Milwaukee Bucks

Stephen Curry – Golden State Warriors

Luka Doncic – Dallas Mavericks

Nikola Jokic – Denver Nuggets

Kawhi Leonard – Los Angeles Clippers

2nd Team All-NBA

Joel Embiid – Philadelphia 76ers

LeBron James – Los Angeles Lakers

Damian Lillard – Portland Trail Blazers

Chris Paul – Phoenix Suns

Julius Randle – New York Knicks

3rd Team All-NBA

Bradley Beal – Washington Wizards

Jimmy Butler – Miami Heat

Paul George – Los Angeles Clippers

Rudy Gobert – Utah Jazz

Kyrie Irving – Brooklyn Nets

Curiosidades sobre os times ideais da NBA de 2020-21

LeBron James tornou-se All-NBA pela 17ª vez na carreira e, com isso, é o jogador com mais seleções no time ideal na história da liga, ao passo que temos dois estreantes em 2021. Julius Randle e Bradley Beal foram eleitos para o time ideal pela primeira vez na carreira.

O Los Angeles Clippers é o time com mais jogadores nos times ideais da liga nesta temporada, com dois (Kawhi Leonard e Paul George). A Conferência Oeste dominou as nomeações do time ideal, com quatro seleções (Curry, Doncic, Jokic e Leonard). Curiosamente, no 3rd Team All-NBA tem jogadores da Conferência Leste em sua maioria (Beal, Butler e Irving).

Ser eleito para o All-NBA vai render bastante para os cofres de alguns jogadores. De acordo com Bobby Marks, com a seleção para o time ideal, Joel Embiid está elegível para receber um contrato supermax, o qual pode chegar a U$ 191 milhões. Além dele, Luka Doncic, com a sua segunda eleição seguida, pode assinar uma extensão máxima do seu contrato de novato, podendo chegar a 30% do cap a partir desta offseason.

Ainda, segundo Marks, Jason Tatum, do Boston Celtics, uma das ausências mais sentidas nas seleções, ficou fora do terceiro time ideal da liga por apenas 20 votos. Além disso, ele e Donovan Mitchell, do Utah Jazz, vão deixar de receber mais de U$ 33 milhões por não serem selecionados em uma futura extensão contratual e vão continuar ocupando 25% do cap de seus respectivos times.

LEIA MAIS

Nikola Jokic é eleito MVP da NBA em 2020-21

Gobert é eleito Jogador Defensivo do Ano da NBA

Jordan Clarkson recebe o prêmio de sexto homem da temporada