Palmeiras tentou volta antecipada de jogador a pedido de Abel, mas time europeu negou

Palmeiras tenta aproveitar jogadores emprestados para reforçar seu elenco no mercado da bola

Marcel Thomé
Colaborador do Torcedores.com

Crédito: Divulgação/Nacional

A busca do Palmeiras por reforços no mercado da bola tem esbarrado nas altas cifras pedidas por outros clubes. Desta forma, o clube apresentou ao técnico Abel Ferreira a possibilidade de reforçar o elenco atual com as voltas de jogadores emprestados a outros clubes.

Estes foram os casos de Dudu e Deyverson, este último inclusive já treina com o elenco e pode reestrear nesta quarta-feira (9) contra o CRB, pela Copa do Brasil.

Outro jogador que interessou o técnico Abel Ferreira foi o zagueiro Pedrão, emprestado ao Nacional da Ilha da Madeira, de Portugal, até 30 de junho. Segundo o UOL Esporte, o treinador pediu o retorno antecipado do defensor de 24 anos para que ele pudesse ser utilizado desde já, mas o time português não aceitou, pois tem a intenção de ficar com Pedrão em definitivo.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Jogador do Palmeiras pretende ficar na Europa

Ainda segundo a reportagem, o jovem defensor pretende permanecer na Europa, mas seu estafe não crê que o Nacional, rebaixado à Segunda Divisão em Portugal nesta temporada, tenha o dinheiro necessário para comprá-lo do Palmeiras.

Apesar do rebaixamento, Pedrão foi muito elogiado em Portugal e disputou 30 das 34 partidas do Nacional no Campeonato Português, marcando um gol diante do Benfica.

Antes de se aventurar na Europa, o defensor já havia sido emprestado pelo Verdão para América-MG e Athletico.

O Palmeiras comprou 50% dos direitos de Pedrão em 2017, após o zagueiro se destacar no Água Santa, clube que detém os 50% restantes. O contrato de Pedrão com o time alviverde tem duração até o fim de 2022.

Está em dúvida sobre qual curso de faculdade escolher?

Caso ele não seja negociado, retorna ao Brasil e poderá ser utilizado por Abel Ferreira a partir de 1º de agosto, quando será aberta a janela de transferências interacionais para o Brasil – mesmo caso de Dudu e, provavelmente, Borja, que está emprestado ao Junior Barranquilla até 30 de junho.

LEIA MAIS:

Mercado da Bola: “Barca” de dispensas do Barcelona tem três jogadores brasileiros