Abel Ferreira sai em defesa de titular no Palmeiras e dispara: “Foram muito duros com ele”

Atleta esteve presente em nove dos 12 jogos do Verdão na disputa do Brasileiro

Cido Vieira
Jornalista formado e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com desde o ano de 2017, já acumulei diversas funções no site e atualmente me dedico a cobertura do futebol nordestino. No Twitter (@cidovieira90)

Crédito: Cesar Greco - Ag. Palmeiras - Divulgação

Fazendo valer a boa fase, o Palmeiras fez mais uma “vítima” no Brasileirão no último domingo (18). Jogando fora de casa, o alviverde despachou o Atlético-GO por 3 a 0 e se manteve na liderança do certame. Na coletiva após o jogo, o técnico Abel Ferreira destacou pontos fortes da equipe que vem sendo trabalhado, e aproveitou para elogiar um atleta em específico: Zé Rafael.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

“Zé Rafael é um exemplo! Tenho que tirar o chapéu pra ele. As críticas foram muito duras, mas ele nunca desistiu. Renovou e houve quem questionasse. É guerreiro. Não podemos ter só tocadores de piano. Uma orquestra também tem jogadores que tocam bumbo. Aqui as coisas são muito 8 ou 80. Temos que ter paciência. Ele passou um período muito difícil por uma lesão que teve no pé. Eu tinha que ter poupado ele, mas não tirei, sempre trabalhou com caráter”, disse o comandante do Palmeiras.

O meio-campista do Verdão é um dos atletas do elenco que mais atuaram neste início de Brasileirão, e tem conseguido se “reciclar” após ser alvo de muitas críticas.

Com a vitória em Goiânia, o Palmeiras alcançou os 28 pontos e segue firme na liderança da Série A, três tentos na frente do Atlético-MG, que saltou para a vice-liderança após bater o Corinthians, em Itaquera.

O próximo compromisso do Verdão está agendado para quarta-feira (21), diante da Universidad Católica, valendo vaga nas quartas de final da Libertadores. Vitorioso no jogo de ida pelo placar de 1 a 0, o time paulista joga por um simples empate para avançar.

LEIA MAIS: