Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Após mais de 6h pedalando, atleta conquista 2ª medalha de ouro na história do Equador

Richard Carapaz, do Equador, desbancou favoritos e venceu a prova do ciclismo de estrada dos Jogos Olímpicos

Mário André Monteiro
Jornalista com passagens por Portal iG, Fox Sports e Osasco Audax. Atualmente editor do Alemanha FC (http://www.alemanhafc.com.br). No Twitter: @alemao_mario e no Instagram: @marioalemao

Crédito: Facebook / Tokyo 2020

O Equador voltou a conquistar um ouro olímpico após 25 anos de espera e a medalha histórica veio com muito suor e mais de 6 horas de competição.

Na manhã deste sábado, Richard Carapaz venceu a prova do ciclismo de estrada das Olimpíadas de Tóquio 2020 e deu ao seu país apenas sua segunda medalha de ouro em toda história.

Carapaz completou os 234 quilômetros no tempo exato de 6:05:26, desbancando os favoritos Wout van Aert, da Bélgica, medalha de prata, e Tadej Pogacar, da Eslovênia, bicampeão do Tour de France e que ficou com o bronze.

O equatoriano Richard Carapaz tem bons resultados na carreira, como o título do tradicional do Giro d’Italia em 2019.

E MAIS

Hortência chora ao vivo na TV com a participação do filho nas Olimpíadas de Tóquio 2020

É justa a presença de atletas trans no esporte? Especialista avalia o debate polêmico

Tóquio 2020: Alerta de tufão anima surfistas, mas altera provas nas Olimpíadas