Assim como Messi, Cristiano Ronaldo pode reduzir salário para renovar com a Juventus

Juventus vive crise financeira e diretoria visa negociar um novo contrato com salário menor; Messi irá reduzir os vencimentos em 50% com o Barcelona

Paulo Foles
Jornalista, amante da escrita e apaixonado por esportes. Twitter: @PaulFoles

Crédito: (Photo by Claudio Villa/Getty Images for Lega Serie A)

Cristiano Ronaldo deve renovar seu contrato e permanecer como jogador da Juventus na próxima temporada, apesar das especulações envolvendo o Paris Saint-Germain e Manchester United. Segundo informações do jornal La Gazzetta dello Sport desta sexta-feira (16), as duas partes se aproximam de confirmar o negócio nos próximos dias.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Para prorrogar o vínculo, a diretoria da Juventus quer realizar o mesmo que Lionel Messi com o Barcelona, que irá reduzir o salário em 50%, de acordo com o Sport. Atualmente, o português recebe 60 milhões de euros por ano, valor alto para o momento conturbado financeiramente que o clube de Turim vive.

Caso realmente aconteça, ainda não se sabe em quanto Cristiano Ronaldo irá reduzir seus vencimentos anuais. Ele tem mais um ano de contrato com a Juve e o empresário Jorge Mendes negocia a renovação de vínculo por mais uma temporada, até junho de 2023.

A última temporada não foi das melhores para CR7 e a Juventus. Depois de nove anos seguidos vencendo o Campeonato Italiano, a hegemonia foi interrompida pelo título da Inter de Milão. Na Champions League, a equipe caiu nas oitavas de final para o Porto. Restou apenas a Copa da Itália e a Supercopa da Itália.

LEIA MAIS:

Vazam novos áudios do presidente do Real Madrid xingando Cristiano Ronaldo: ‘Idiota, ego terrível, um cara doente…’
Juventus ainda não procurou Chiellini para renovar e zagueiro está livre
Mercado da Bola: Cristiano Ronaldo deve ficar na Juventus, diz TV
Vai ou fica? vice-presidente da Juventus crava futuro de Cristiano Ronaldo
Messi favorito à Bola de Ouro? veja quem são os principais candidatos ao prêmio
Messi e Cristiano Ronaldo terminam como artilheiros da Copa América e da Eurocopa