Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Conmebol irá doar doses contra a Covid-19 para o Brasil

Conmebol optou por doar algumas doses contra a Covid-19 diretamente para o Ministério da Saúde e para a Confederação Brasileira de Futebol

Fabrício Carvalho
Jornalista formado / Rio de Janeiro. Redator de notícias, artigos e relatos sobre futebol nacional e internacional, basquete e esportes americanos.

Crédito: Divulgação/Conmebol

A Conmebol anunciou nesta terça-feira (6) que estará doando cerca de 20 mil doses da vacina contra Covid-19 fabricada pela farmacêutica Sinovac.

De acordo com a própria confederação sul-americana, cinco mil doses desta vacina serão destinadas ao futebol brasileiro (CBF), e 15 mil doses serão doadas diretamente ao Ministério da Saúde.

Em carta divulgada pela Conmebol, a confederação afirma que tomou esta atitude devido ao “reconhecimento ao país que sedia a Copa América 2021”.

Cabe lembrar que a Conmebol utiliza doses da Sinovac para vacinar clubes que estão jogando suas competições: a Copa América, a Conmebol Libertadores e a Copa Sul-Americana.

Para o torneio de seleções, a confederação sul-americana recebeu da farmacêutica chinesa cerca de 50 mil doses.

Tudo indica que as doses que serão enviadas ao Brasil correspondem à sobra da Copa América, pois nem todos os jogadores e membros de comissões técnicas optaram por tomar a vacina. Alguns por já terem tomado em outros países, outros por opção própria.

O torneio de seleções será encerrado neste sábado (10), com a disputa da decisão no Maracanã a partir das 21h pelo horário de Brasília, com presença da seleção brasileira.

LEIA MAIS: