Acusado de receber ‘mala preta’, ex-goleiro dispara contra Richarlyson: “Vai pagar até o final da alma”

Richarlyson foi rebaixado para a Série B do Brasileiro em 2003, defendendo o Fortaleza

Dayvidson Soares
Jornalista, com passagens por Globoesporte.com, Lance! (Craque do Futuro) e Jornal Gazeta de Alagoas. Apaixonado por futebol e boas histórias.

Crédito: Montagem: Reprodução/ Youtube - Divulgação/ AFC

Em participação do programa Arena SBT, na noite da última segunda-feira (19), Richarlyson protagonizou polêmica ao dizer que o goleiro do Fortaleza de 2003 teria recebido ‘mala-preta’ para entregar o jogo contra a Ponte Preta. A partida foi válida pela última rodada do Brasileirão daquele ano e o Leão foi derrotado por 2 a 0, sendo rebaixado.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

“O nosso goleiro entregou o jogo. Se você ver, não tem como, já tinha ocorrido que iria ter mala preta, mas ninguém sabia qual jogador que tava. Chegou no jogo, juro por Deus, o cara deu um chutão para trás do meio-campo, o goleiro jogou no pé do atacante, que tava sozinho, não é uma bola difícil. Depois de muito tempo que a gente soube que era ele”, falou Richarlyson.

No futebol, ‘mala preta’ é uma pratica ‘ilegal’ em que um atleta recebe dinheiro para facilitar o resultado do adversário em uma partida.

Hoje aposentado, Jefferson foi o goleiro do Fortaleza na partida citada. Em entrevista ao ‘Diário do Nordeste’, ele acusou Richarlyson de fake news.

“Infelizmente são coisas da vida nesse mundo de fake news que a gente está vivendo hoje, mas ele vai pagar até o final da alma dele essa fake news que ele propagou. Infelizmente, a gente vai ter de passar por mais essa prova na vida da gente. Os advogados já estão cuidando (do caso), entrando em contato com a emissora para um direito de resposta. A gente vai ter de aguardar na Justiça”, declarou o ex-goleiro, ao  ‘Diário do Nordeste’.

LEIA MAIS: