Olimpíada de Tóquio: por causa da Covid-19, país desiste dos Jogos

A Guiné, país localizado na porção ocidental do continente africano, abandonou as Olimpíadas de 2020 por precaução contra a Covid-19, cujos causos chegaram a mais de 90 nesta quinta-feira (22) entre os credenciados à competição

Lucas Ayres
Colaborador do Torcedores

Crédito: Maja Hitij/Getty Images

O Coronavírus segue como um dos principais obstáculo para a participação de muitos atletas na Olimpíada de Tóquio. Dessa vez, porém, impediu um país inteiro, a Guiné. Localizada na porção ocidental da África, ela comunicou nesta quinta-feira (22) o abandono dos Jogos.

A maior parte da delegação, portanto, nem chegou a embarcar para o Japão, sem nem sequer emitir passagens de avião. Assim, mais cinco atletas desfalcarão a competição, e em quatro esportes diferentes: atletismo, judô, luta livre e natação.

Esta seria a 12ª participação da Guiné nas Olimpíadas, que nunca ganhou uma medalha sequer. Ao mesmo tempo é, curiosamente, a terceira vez que deixa de competir nos Jogos, o que já aconteceu em 1972, em Munique, e em 1976, em Montreal.

O país não é o único a desistir da competição. Antes, a Samoa e a Coreia do Norte também abriram mão de sua participação integral. O primeiro o fez no começo de julho, enquanto o segundo tomou a decisão ainda em abril.

O que motivou a desistência da delegação foi a precaução contra a Covid-19. Segundo comunicado do Ministério dos Esportes, publicado no portal “Guinénews”,  foi a preservação da saúde dos atletas.

“O governo da República da Guiné, ansioso para preservar a saúde dos atletas guineenses, decidiu com pesar cancelar a sua participação na 32ª Olimpíada, programada para Tóquio”, declarou o ministro Sanoussy Bantama.

LEIA MAIS

Olimpíada de Tóquio: por que a Rússia vai ser chamada pela sigla ‘“ROC”?

Olimpíada de Tóquio: Argentina perde e Egito segura a Espanha no grupo C

Olimpíada de Tóquio: Japão vence e México goleia a França no grupo A

Olimpíada de Tóquio: Bia Zaneratto, do Palmeiras, se destaca na estreia da seleção brasileira feminina