Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Olimpíadas: Maria Portela é eliminada nas oitavas de final do judô

Brasileira leva três punições no golden score e é derrotada por Madina Taimazova, do Comitê Olímpico Russo. Combate foi o mais longo de Tóquio 2020

Marjoriê Cristine
Colaborador do Torcedores

Crédito: Gaspar Nóbrega/COB

Chegou ao fim o sonho de Maria Portela por uma medalha no judô nas Olimpíadas. Na sua segunda luta em Tóquio 2020, a atleta gaúcha fez um combate duro contra Madina Taimazova, do Comitê Olímpico Russo, e a decisão foi para o golden score. No tempo extra, Portela levou três shidos (punições) e foi eliminada nas oitavas de final da categoria até 70kg. 

Porém, com três minutos de golden score, Portela aplicou um golpe que seria um wazari. O árbitro de vídeo (VAR) foi consultado, mas os juízes não validaram o golpe. Depois de quase 11 minutos de combate, o mais longo até o momento em Tóquio, a brasileira ficou incrédula quando recebeu uma punição e foi eliminada.

“Eu queria muito vencer. Eu treinei muito, estava me sentindo muito preparada. Eu ainda não acredito que isso aconteceu. Eu quase joguei ela algumas vezes. Mas não deu. Infelizmente, me entreguei, mas não deu. Queria agradecer a todos que acreditaram em mim. Desculpa. Dei tudo de mim, mas não deu. Não estava nervosa, estava bem consciente. Estudamos muito ela. Faltou um pouquinho mais”, disse, aos prantos, em entrevista ao “SporTV”.

+Olimpíadas de Tóquio 2020: Confira o quadro de medalhas completo

Terceira Olimpíada

A campanha de Maria Portela começou de forma espetacular. A judoca não deu chances para Nigara Shaeen, do Time de Refugiados Olímpicos, na Budokan Arena. Em apenas 27 segundos, Portela projetou a adversária e aplicou um ippon para encerrar rapidamente o combate.

Essa é foi terceira participação da atleta, de 33 anos, em Jogos Olímpicos. A judoca gaúcha foi titular nos em Londres 2012 e na Rio 2016, ambas na categoria até 70kg. No próximo sábado, ela vai participar da competição por equipes, uma novidade em Tóquio 2020.

Rafael Macedo eliminado

Já o judoca Rafael Macedo não teve a mesma sorte da compatriota. O brasileiro o brasileiro levou um ippon em apenas 30 segundos de Islam Bozbayev, do Cazaquistão, na categoria até 90kg. Assim, o judoca foi eliminado logo na sua primeira luta em Olimpíadas.

Como perdeu logo na luta de estreia, Rafael Macedo não poderá disputar a repescagem por uma medalha de bronze. Foi a primeira participação olímpica do judoca.

LEIA MAIS:

Olimpíadas: Confira a programação de TV desta quarta-feira (28/07)

Brasil chega a 23 medalhas no judô na história das Olimpíadas; confira todos os medalhistas