Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Otávio Amorim, ex-NFL Undiscovered, é anunciado por time da European League

Após presença no NFL International Player Pathway, Otávio Amorim é contratado pelo Berlin Thunder, da liga europeia de futebol americano

Danilo Lacalle
Jornalista de formação, e atleta por opção. Especialista em esportes americanos e apaixonado por esportes radicais.

Crédito: Ana Maria Guimaraes/ Adriana Ferrari

Jogador destaque no T-Rex, de Santa Catarina, e um dos principais nomes brasileiros no futebol americano internacional, o Linha Ofensiva Otávio Amorim foi anunciado hoje (3) pelo Berlin Thunder, franquia de Berlim, na Alemanha, que disputa a European League of Football. Em março de 2020 o atleta chegou a competir por uma vaga na NFL, por meio do programa International Player Pathway, o NFL Undiscovered, além de também estar elegível para a Canadian Football League (CFL).

“O processo de contratação foi rápido. Quando o Thunder entrou em contato comigo, falaram da necessidade de um jogador de Linha Ofensiva. Como é uma oportunidade muito especial, não pude recusar”, afirmou Otávio Amorim, que chegou neste sábado, na capital alemã.

O contrato atual de Amorim possui 3 meses de duração e vai até 30 de setembro, logo após o término da temporada europeia de futebol americano.

 

Chegada de Otávio Amorim ao Berlin Thunder e expectativa para a European League

“Venho ao Berlin Thunder para dar o meu máximo e somar como eu puder à equipe. Além disso, sei que essa é uma experiência única, e que também vou aprender muito com os demais jogadores. A European League tem um nível técnico muito elevado, que com certeza vai me desenvolver ainda mais”, revela Amorim. “O futebol americano é um esporte tão maravilhoso que você pode ter 30 anos de modalidade e continuar aprendendo, a cada dia. Será desafiador jogar em um alto nível como este, com tanta intensidade.” – completa.

Atualmente, após acordo com a Liga BFA, times da European League of Football que anunciarem jogadores brasileiros no elenco, não terão o limite de estrangeiros impactado, o que pode potencializar o número de brasileiros na competição.

“A liga é extremamente interessante e está abrindo portas para os brasileiros jogarem na Alemanha, Polônia e até na Espanha. É importante saber que os estrangeiros da NFL, CFL e da European League estão de olho nos jogadores do Brasil. E temos muitos talentos por lá. Isso, com certeza, funciona de motivação para os jogadores do Brasil continuarem treinando e estudando, porque existem muitas pessoas observando”, ressalta Otávio, que jogara por anos em times do futebol americano tupiniquim. “Estou muito animado e orgulhoso com a contratação. Principalmente por saber de onde saí, onde cheguei e onde quero chegar. Agora, é treinar muito e trabalhar duro para representar o Brasil dentro de campo.”

Além de Otávio Amorim, outros jogadores brasileiros já estão marcando presença na European League. São eles, Murilo “Kong” Silva, Linha Ofensiva do Panthers Wroclaw, Junior Briele, Linha Defensiva do Cologne Centurions e o Pollys Junior, OL que será companheiro de equipe do Amorim, no Berlin Thunder.

 

LEIA MAIS

Jogadores da NFL saem em defesa de Sha’Carri Richardson, fora de prova olímpica por uso de maconha

Futebol americano no Brasil: com tantos gastos, como a modalidade consegue respirar?