São Paulo deve faturar R$ 22 milhões com venda de cria de Cotia ao futebol árabe

São Paulo ainda tinha 70% dos direitos econômicos de meio-campista que estava no Portimonense, de Portugal

Mário André Monteiro
Jornalista com passagens por Portal iG, Fox Sports e Osasco Audax. Atualmente editor do Alemanha FC (http://www.alemanhafc.com.br). No Twitter: @alemao_mario e no Instagram: @marioalemao

Crédito: Site oficial do São Paulo

O São Paulo vive uma grave crise financeira e qualquer dinheiro que entre nos cofres do clube é bem-vindo. Principalmente quando é um valor inesperado.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

E é exatamente isso que deve acontecer.

Segundo o diário português “Record”, O meio-campista Dener, cria da base do São Paulo, foi negociado pelo Portimonense, de Portugal, com o Al-Tai, da Arábia Saudita, por 5 milhões de euros (cerca de R$ 30,5 milhões).

Dener tem 29 anos de idade e esteve vinculado o clube paulista entre 2011 e 2014. Ele chegou ao Portimonense em 2015, mas 70% dos direitos econômicos do atleta ainda ficaram em poder do Tricolor.

Além disso, o São Paulo tem direito a receber mais 2,5% referente aos direitos de clube formador, de um total de 5% que deve ser dividido com a Portuguesa, onde o jogador também atuou na base.

No total, portanto, o clube do Morumbi tem 72,5% do valor da negociação, que é 3,6 milhões de euros, o equivalente a R$ 22 milhões na cotação atual.

Cria de Cotia, Dener Gomes Clemente defendeu o São Paulo em poucos jogos, sem muito destaque. Antes de ir para o futebol português, o meia foi emprestado a Paulista de Jundiaí, Guarani e América-RN.

E MAIS

Massagista do São Paulo passa mal no Morumbi e deixa estádio de ambulância

Mercado da bola: Sem querer, Verratti anuncia mais um reforço de peso para o PSG

Ribéry pode voltar ao futebol alemão, mas não para atuar no Bayern de Munique