Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Tóquio 2020: Aos 12 anos de idade, atleta mais jovem das Olimpíadas já está eliminada

Hend Zaza se classificou para Tóquio 2020 representando a Síria no tênis de mesa e caiu logo na estreia

Mário André Monteiro
Jornalista com passagens por Portal iG, Fox Sports e Osasco Audax. Atualmente editor do Alemanha FC (http://www.alemanhafc.com.br). No Twitter: @alemao_mario e no Instagram: @marioalemao

Crédito: Tokyo 2020 / Twitter

A atleta mais jovem dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 esteve em ação neste primeiro dia oficial do evento. E ela já está eliminada.

Com apenas 12 anos de idade, Hend Zaza, da Síria, disputou a prova individual feminina do tênis de mesa das Olimpíadas e caiu logo na estreia.

A derrota por 4 a 0 foi diante da austríaca Jia Liu, número 4 do ranking mundial e uma das favoritas a conquistar medalha no Japão.

Hend Zaza se tornou a segunda mulher síria a participar da competição de tênis de mesa em Olimpíadas. E ela foi a primeira a se classificar de forma técnica, já que, nos Jogos de 2016, sua compatriota participou como convidada.

“Foi muito difícil me preparar psicologicamente, mas acho que consegui superar isso. Foi o que fiz de melhor no jogo. A lição principal foi a derrota, especialmente na primeira rodada”, disse em entrevista coletiva após a partida.

“Na próxima vez, vou trabalhar duro para passar da primeira, segunda, terceira rodada, porque quero jogar mais nas Olimpíadas”, completou Zaza.

A expectativa é que a mesatenista tenha uma melhor performance nos Jogos Olímpicos de Paris, em 2024, já que terá 15 anos de idade e um pouco mais de experiência no esporte.

E MAIS

Após mais de 6h pedalando, atleta conquista 2ª medalha de ouro na história do Equador

Hortência chora ao vivo na TV com a participação do filho nas Olimpíadas de Tóquio 2020

Tóquio 2020: Alerta de tufão anima surfistas, mas altera provas nas Olimpíadas