Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Boa escolha? Palmeiras segura Luiz Adriano, mas abre mão de Borja, que é mais novo e vive melhor fase

Borja tem negociações avançadas para ser anunciado como reforço do Grêmio a pedido do técnico Luiz Felipe Scolari, que trabalhou com o jogador no próprio Verdão entre 2018 e 2019

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Cesar Greco/Palmeiras

Grêmio e Internacional demonstraram interesse na contratação de Luiz Adriano nas últimas semanas, mas o Palmeiras optou por manter o jogador de 34 anos que foi um dos destaques da equipe na temporada de 2020, sendo peça fundamental na conquista da Tríplice Coroa, com direito a gol na final do Campeonato Paulista e nas semifinais da Copa do Brasil e Libertadores. Apesar do ‘esforço’ pra manter o camisa 10, a diretoria Alviverde está disposta a abrir mão de Miguel Borja, que retornou ao clube após um período de empréstimo ao Junior Barranquilla.

Palmeiras monitora lateral-direito argentino e tem concorrência da Europa

A decisão da diretoria palmeirense em ceder Borja é curiosa, já que o atacante, além de ser seis anos mais novo, tem um desempenho superior ao de Luiz Adriano nas últimas duas temporadas, por exemplo. Enquanto o colombiano disputou 59 jogos e marcou 35 gols com a camisa do Junior Barranquilla, tendo uma média de 0,59 gol por partida entre 2020 e 2021, o camisa 10 do Verdão acumula 74 jogos e 23 gols – média de 0,31 gol por jogo. Veja o desempenho detalhado:

Miguel Borja (Junior Barranquilla):
2020: 37 jogos e 21 gols (média de 0,56 gol p/ partida)
2021: 22 jogos e 14 gols (média de 0,63 gol p/ partida)

Luiz Adriano (Palmeiras):
2020: 52 jogos e 20 gols (média de 0,38 gol p/ partida)
2021: 22 jogos e 3 gols (média de 0,13 gol p/ partida)

A escolha do Palmeiras em negociar Borja, no entanto, passa mais pela questão financeira, considerando que o clube precisa devolver cerca de R$ 33 milhões investidos na contratação do atacante junto ao Atlético Nacional, em 2017, à patrocinadora Crefisa, responsável por fazer o aporte financeiro para a transferência à época.

O Grêmio, que já tem negociações avançadas para anunciar Borja como reforço para a sequência da temporada, ofereceu US$ 1 milhão (cerca de R$ 5,21 milhões na cotação atual) para ter o colombiano emprestado até o final de 2022, segundo informações da ESPN Brasil. Como o atacante tem vínculo com o Verdão até dezembro de 2022, a expectativa é de que ele renove por mais um ano antes de ser novamente emprestado emprestado.

Com nomes como Luiz Adriano e Deyverson para o ataque, o Palmeiras entende que, com mais chances de ser titular no Grêmio, a ida de Borja para o time gaúcho pode ser usada como uma ‘vitrine’ para despertar atenção de equipes do exterior futuramente, visando uma venda definitiva do atleta.

Saída de Borja sempre foi prioridade:

O diretor de futebol do Palmeiras, Anderson Barros, já havia reforçado que o objetivo do clube era negociar Borja. “Tentamos e continuamos a tentar a negociação do Borja. É importante ressaltar que ele teve e mereceu um investimento alto da nossa parte. Então ele volta e participa normalmente das atividades até podermos definir essa situação. Caso a gente não consiga definir, ele continuará trabalhando e terá que mostrar seu valor para conquistar seu espaço uma vez que nessa posição hoje temos atletas que nos tem atendido”, afirmou o dirigente em entrevista à Rádio 105 FM.

“Hoje a prioridade é essa (negociar). A gente sempre deixou muito claro com o representante e com ele. O mercado ainda é muito complexo e muito complicado por tudo que aconteceu nos últimos meses em razão dessa crise provocada pela pandemia. A gente sabe das dificuldades. O que a gente ressalta é que apesar de ter buscado e tentado essa negociação, a gente acabou ainda não conseguindo, ele volta a trabalhar, até porque mereceu um investimento muito alto da nossa parte”, completou.

LEIA MAIS:
Mercado da bola: Vasco mira a contratação de jogador do Palmeiras a pedido de Lisca
Deyverson manda recado para sucessor de Viña e compara Palmeiras a Real Madrid e Barcelona: “Mesma proporção”

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes