Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Arizona Coyotes anuncia proposta para nova arena em Tempe e mudança no logo do time

Equipe do Arizona promove reformulação de identidade e de negócios

Thais May Carvalho
Colaborador do Torcedores

Há algum tempo existe a ameaça dos Coyotes deixarem o estado do Arizona. Porém, com os anúncios feitos essa semana sobre a nova proposta de construir uma arena na cidade de Tempe, e a mudança do logo para se reconectar com os fãs e as origens da região, a mensagem aos torcedores é de que o time quer continuar na área metropolitana de Phoenix.

NOVA ARENA EM TEMPE

Depois de anos de conflitos, a cidade de Glendale optou por não renovar o contrato de concessão da Gila River Arena com os Coyotes. Como essa será a última temporada da equipe no ginásio, o dono da franquia fez uma proposta para construir um complexo de US$ 1.7 bilhões na cidade vizinha de Tempe, se comprometendo, assim, a manter o time no Arizona.

Segundo detalhes divulgados na última segunda-feira (20), o complexo terá restaurantes, lojas, apartamentos, hotel, cinema, uma área multi esportiva e, claro, uma arena de hóquei no gelo, com capacidade para 16 mil pessoas. O investimento será feito majoritariamente pelo setor privado, mas é esperado que a cidade contribua com 200 milhões de dólares oriundos de impostos. 

O Arizona Coyotes apresentou a única proposta para a utilização do terreno de 18 hectares próximo ao centro de Tempe, mas por conta de todo processo burocrático, levará meses para que ela seja analisada. Com isso, o time vai procurar uma casa temporária a partir de 2022.

NOVO LOGO E UNIFORME

O outro anúncio feito nesta semana pelos Coyotes foi a volta do logo conhecido como Kachina. Quando a equipe se mudou de Winnipeg para o Arizona em 1996, foi feita uma reformulação total da identidade do time, com o novo logo sendo desenhado para homenagear os povos nativo-americanos dessa região do deserto. No entanto, em 2003 esse logo foi aposentado e a equipe adotou o atual design, com a cor vermelha e a cabeça de um coiote uivando.

A volta ao logo antigo, segundo o presidente e CEO do Arizona Coyotes, Xavier Gutierrez, atende a um pedido antigo dos torcedores e ressoa com pessoas de diferentes etnias, que não são tradicionalmente fãs do esporte. De acordo com ele, essa renovação na identidade “irá destacar que os Coyotes são uma organização dinâmica, enérgica e voltada para o futuro, e esta campanha irá demonstrar nosso compromisso em ser um líder em nossa comunidade. Todo o estado e a região do vale são uma ‘parte do nosso bando’.”.

A camisa preta com o logo do coiote Kachina, que já vem sendo usado desde janeiro de 2021, permanecerá como o uniforme principal em casa. A nova camisa branca será o uniforme nos jogos como visitante, com exceção da partida contra o St. Louis Blues, em 18 de outubro, quando Arizona abre a temporada na sua arena. Já o uniforme vermelho, com o desenho antigo, ficará como opção alternativa e será usado oito vezes este ano, mas deve ser descontinuado em 2022-2023.

Leia Mais

Glendale não renova acordo de operação da Gila River Arena com o Arizona Coyotes

O que esperar do Arizona Cardinals na temporada 2021 da NFL

Arremessador do Arizona Diamondbacks consegue no-hitter em seu primeiro jogo como titular