Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Astro do boxe, Manny Pacquiao anuncia aposentadoria para se dedicar à política

Senador nas Filipinas, boxeador anunciou que será candidato à presidência de seu país

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Facebook Oficial Manny Pacquiao

Mais um esportista pode buscar um cargo político em eleições pelo mundo afora. O filipino Manny Pacquiao, uma das maiores lendas do boxe em sua história recente, anunciou sua aposentadoria dos ringues para se candidatar à presidência de seu país.

O ‘Pacman’ deu entrevista ao canal Toni Talks e revelou que está abandonando a carreira nos ringues. Mesmo sem revelar se irá se candidatar, o site OneNews PH aponta que o fim de carreira já é oficial e somente faltaria a confirmação

“Minha carreira no boxe? Ela acabou. Acabou porque tenho lutado já há tanto tempo e minha família quer que eu pare. Só continuei lutando porque gosto deste esporte e irei apoiar outros boxeadores para que as Filipinas tenham novamente um campeão”, declarou Pacquiao.

O agora ex-boxeador também é senador nas Filipinas durante 2016 e recebeu convite recente, segundo a imprensa local, para tentar a candidatura à presidência do pais. Algo que que o ex-campeão mundial da nobre arte considera como seu futuro.


“Sou um lutador e sempre o serei, dentro ou fora do ringue. Nunca abandonei um combate durante toda a minha vida. Nada é impossível para Deus”, completou.

A última luta de Manny Pacquiao foi em agosto, sendo derrotado pelo cubano Yordenis Ugás. Com 42 anos, o ‘Pacman’ foi campeão em oito categorias diferentes de peso, se tornando uma das maiores lendas do boxe e um dos personagens mais queridos e controversos, isto principalmente por opiniões polêmicas deste.

O filipino enfrentou lutadores de peso como Oscar de la Hoya, Ricky Hatton, Shane Mosley, Miguel Cotto, Timothy Bradley, entre outros. Mas sua grande luta foi a contra Floyd Mayweather Jr, em maio de 2015. ‘Pacman’ perdeu a luta para o americano, mas o duelo se tornou o de maior repercussão no mundo do boxe, com 4,6 milhões de pacotes de pay-per-view vendidos.

LEIA TAMBÉM

Brasileirão: Time da Série A pode perder pontos por suposta escalação irregular

Brasileirão: Qual time tem mais “europeus” no elenco?

Surpresa no Palmeiras, Flamengo contrata goleiro, jogador registra B.O e punição no Brasileirão: notícias do futebol nesta manhã (28)

Benja aponta melhor adversário para o Flamengo na final da Libertadores

UFC 266: Volkanovski e Shevchenko defendem com sucesso o cinturão; veja os resultados

Ex-campeã do UFC, Ronda Rousey anuncia nascimento da primeira filha

Anderson Silva estipula data para aposentadoria das lutas

Boxe: Mexicana morre aos 18 anos 5 dias após levar nocaute

As melhores notícias de esportes, direto para você