Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Atlético-MG tem 5 jogadores com o futuro “em aberto” no clube; veja quem são

Atlético-MG foi um dos clubes que mais se reforçou nesta temporada e elenco deve ter algumas mudanças para 2022

Marcel Thomé
Jornalista e assessor de imprensa

Crédito: Pedro Souza/Atlético-MG

Considerado um dos elencos mais fortes do futebol brasileiro atualmente principalmente após as contratações de Nacho Fernández, Hulk e Diego Costa entre outros jogadores, o Atlético-MG deve mudar algumas peças para a próxima temporada independentemente dos resultados em 2021.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

Pelo menos cinco jogadores do atual elenco não têm presença confirmada no time do Atlético-MG para 2021.

Confira os jogadores do Atlético-MG que têm futuro “em aberto” para 2022:

Réver: o zagueiro de 36 anos tem perdeu espaço no elenco atleticano nesta temporada. Com contrato válido somente até dezembro de 2021, o experiente atleta não tem vaga assegurada no Atlético-MG.

Guga: envolvido em episódio em que “furou” a quarentena durante a pandemia do Covid-19, o lateral perdeu espaço no time e é atualmente reserva de Mariano. Não será surpresa se o clube aceitar propostas consideradas satisfatórias em 2022 e facilitar a saída do jogador de 23 anos.

Tchê Tchê: emprestado pelo São Paulo ao Atlético-MG até o fim de maio de 2022, o polivalente jogador que pode jogar no meio de campo e na lateral ainda não tem sua permanência em definitivo assegurada. Uma troca por Guga com o time paulista já foi especulada, mas nada de concreto.

Alan Franco: considerado uma das principais promessas do futebol sul-americano, o equatoriano tem encontrado pouco espaço sob o comando de Cuca – disputou apenas 11 jogos – e pode ser envolvido em negociações para a próxima temporada. Contratado pneste ano junto ao Independiente del Valle por quase R$ 13 milhões, o atleta de 23 anos também é especulado como moeda de troca para o Galo ter Tchê Tchê em definitivo em 2022.

Dylan Borrero: o jovem atacante colombiano de 19 anos é outro que tem encontrado dificuldade para conseguir espaço no Atlético-MG e pode deixar o clube na próxima temporada. Comprado em janeiro de 2020 do Independiente Santa Fe-COL, o garoto disputou apenas 17 partidas neste ano, sendo boa parte na disputa do Campeonato Mineiro.

LEIA TAMBÉM:

As melhores notícias de esportes, direto para você

    

 

FIFA 22: veja os melhores jogadores brasileiros do game; Neymar lidera

Narrador aponta possível dificuldade do sucessor de Tite na Seleção

Técnico de rival do Flamengo na Libertadores busca chance no Brasil

Funcionária da CBF que acusa Caboclo de assédio desabafa sobre caso: “Uma dor que nunca acaba”