Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Brasil participa de Copa do Mundo de tênis em cadeira de rodas

Brasil estará representado em todas as categorias do evento

Carlos Lemes Jr
Colaborador do Torcedores.com.Jornalista formado, desde 2012, e no Torcedores, desde 2015. Matérias exclusivas pelo site publicadas nos portais IG, MSN e UOL.

Crédito: Lucas Balduino/ CBT

A Copa do Mundo por Equipes de Tênis em Cadeira de Rodas começa nesta segunda-feira,27 de setembro, em Alghero na Itália, e o Brasil estará muito bem representado: o país é um dos poucos no mundo que irá competir em todas as categorias do evento – masculino, feminino, quad e júnior. A categoria quad é aquela que o tenista apresenta deficiência em três ou mais extremidades, ou seja membros inferiores e ao menos um dos membros superiores.

Ao todo, a competição será disputada por cerca de 150 atletas de 23 países.

A delegação brasileira é a maior do país na história para uma edição da Copa do Mundo, com a presença de 14 atletas. A equipe chegou à região da Sardenha, onde será disputada a competição, neste fim de semana e já realizou os primeiros treinamentos nas quadras de piso duro.

No masculino, o Brasil é representado por Daniel Rodrigues (25º no ranking mundial), Gustavo Carneiro (41º), Bruno Makey (168º) e Felipe Santana (253º), com o capitão Raphael Oliveira. A equipe está no Grupo D, e enfrentará durante a fase de classificação os times da França, Bélgica e Sri Lanka. “Essa é uma competição muito importante para nós, pois são os melhores países do mundo no tênis em cadeira de rodas. É um orgulho muito grande representar o Brasil mais uma vez e estou muito feliz. Quero seguir evoluindo no esporte e mantendo o meu nível de jogo”, destaca o mineiro Gustavo Carneiro.

Na categoria feminina, o Brasil terá pela frente Japão e África do Sul. O time liderado pelo capitão Leonardo Butija tem entre as atletas Meirycoll Duval (23ª), Ana Caldeira (50ª), Lucimaria Oliveira (53ª) e Maria Fernanda Alves (65ª). “Além de ser uma competição muito importante, aqui se tem muito aprendizado. Vamos correr atrás do nosso principal objetivo, que é terminar numa boa colocação para garantir a classificação para o próximo mundial”, afirma a mineira Meirycoll Duval.

No Quad, compõem a equipe nacional Ymanitu Silva (8º), Augusto Fernandes (31º) e Leandro Pena (sem ranking). A equipe capitaneada por Vinícius Cyrillo enfrentará durante a classificatória Estados Unidos, Japão e Canadá. “Esse é o meu primeiro mundial e é muito bom estar aqui. São atletas do mundo todo, os melhores do planeta, o que torna ainda mais especial”, declara o paulista Leandro Pena.

E o time júnior, com o capitão Guilherme Oliveira, enfrentará Japão, Argentina e Turquia. A equipe é formada por Jade Lanai (2ª do ranking mundial juvenil), João Lucas Takaki (6º) e Cesar Adolfo (21º).

Os jogos se estendem até domingo, 3 de outubro. Todos os sete dias de competição terão transmissão ao vivo de partidas de algumas das quadras do clube onde é realizada a competição e podem ser acompanhadas no site da Federação Internacional de Tênis.

LEIA TAMBÉM

Quantos títulos o Brasil ganhou no Mundial de Beach Tennis?

Mundial de Beach Tennis 2021: conheça os convocados do Brasil para o torneio

Mundial de Beach Tennis 2021: tudo o que você precisa saber sobre a competição

Em final de Grand Slam mais jovem desde 1999, Raducanu vence Fernandez e conquista o US Open