Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Comentarista cita “erro mais grave” de Renato Gaúcho na derrota do Flamengo contra o Grêmio pelo Brasileirão

Flamengo foi derrota por 1 a 0 contra a equipe gaúcho pela 21ª rodada do Brasileirão

Marcel Thomé
Jornalista e assessor de imprensa

Crédito: Gilvan de Souza/Flamengo

O Flamengo estava embalado no Brasileirão na luta para se aproximar cada vez mais do líder Atlético-MG, mas acabou sofrendo uma derrota inesperada contra o Grêmio no último domingo (19), por 1 a 0, no Maracanã, em duelo da 21ª rodada da competição.

De acordo com Zé Elias, ex-jogador e atual comentarista dos canais ESPN, a derrota em casa não foi o principal erro do time dirigido por Renato Gaúcho, mas sim a utilização do meia Everton Ribeiro no jogo, que jogou no “sacrifício”, pois tinha “um problema na perna”.

Se joga contra o Grêmio e se machuca, perde o Everton Ribeiro no jogo na Libertadores. Aí é questão de usar o elenco. Não adianta nada você ter um elenco forte e equilibrado e quando precisa você não coloca o jogador… corre o risco de perder um jogador importante“, disse Zé Elias durante participação no BB Debate desta segunda-feira (20).

Esse para mim é o erro mais grave. O resto acontece. O Flamengo não vai ganhar (sempre)… O Atlético-MG não vai ganhar… Dificilmente você vai encontrar um time que consiga ganhar todas as partidas“, completou o comentarista.

Técnico do Grêmio admitiu problema com Everton Ribeiro

Após a derrota no Maracanã, Renato Gaúcho explicou em entrevista coletiva por que havia substituído Everton Ribeiro durante o confronto.

“O Everton não era nem para ter jogado, porque estava com problema na perna. Havia falado que ele poderia jogar 45 minutos e no máximo mais 15, 20 minutos. Era um risco que estávamos correndo. A cada três dias o Flamengo joga uma decisão. A gente quer ganhar. Ele não estava mal no jogo, mas tenho jogo decisivo na quarta-feira. Temos o problema do Arrascaeta, do Filipe. Perder o Everton num momento desse seria difícil. Por isso que já tinha combinado que ele iria sair, pensando no jogo de quarta-feira”, revelou o técnico.

O Rubro-Negro enfrenta o Barcelona, em Guayaquil, no Equador, nesta quarta-feira (22), às 21h30 (horário de Brasília), no jogo de ida das semifinais da Copa Libertadores.

LEIA TAMBÉM:

As melhores notícias de esportes, direto para você

 

FIFA 22: veja os melhores jogadores brasileiros do game; Neymar lidera

Narrador aponta possível dificuldade do sucessor de Tite na Seleção

Técnico de rival do Flamengo na Libertadores busca chance no Brasil

Funcionária da CBF que acusa Caboclo de assédio desabafa sobre caso: “Uma dor que nunca acaba”