Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Flamengo, juntos, gastaram quase R$ 20 bilhões com futebol nos últimos 18 anos

Levantamento da Sports Value mostra um grande crescimento nos custos com futebol nos últimos anos por parte dos clubes brasileiros

Flavio Souza
Desde 2006 escrevo sobre esportes em geral e participo do site Torcedores.com desde dezembro de 2018, onde exerço função de Colaborador Sênior.Atualmente meu foco é no futebol brasileiro e internacional, mas procuro falar sobre outras modalidades, como esportes olímpicos, por exemplo.Meu foco é trazer informações relevantes sobre os clubes fora de campo, como entrevistas, análises financeiras, desempenho das equipes em redes sociais e análises táticas.

Crédito: Reprodução / Twitter

O futebol é um esporte que mexe com cifras bilionárias em todo mundo. No Brasil essa situação não é diferente. Mesmo com valores inferiores ao mercado europeu, é possível notar o quanto os clubes gastam, às vezes de forma incorreta / irresponsável, na formação de elencos.

A empresa Sports Value, especializada em marketing esportivo, fez um mapeamento detalhado dos clubes desde 2003 até 2020. E um dos pontos que chama atenção é justamente os custos de futebol. Isso porque Corinthians, São Paulo, Palmeiras e Flamengo, somados, investiram R$ 19.845 bilhões de reais na modalidade.

Ao somarmos os principais clubes deste levantamento, os custos ficam próximo de 38 bilhões de reais. Apesar das receitas no mesmo período estarem próximas de 49 bilhões, esses números levantam um sinal de alerta. Isso porque alguns clubes acabam tendo uma queda brusca nas receitas e os gastos com futebol podem gerar problemas a médio / longo prazo.

Confira o Top-9 de gastos com futebol no futebol brasileiro – 2003 / 2020 (em bilhões)

  1. Corinthians – R$ 5.361
  2. São Paulo – R$ 4.985
  3. Palmeiras – R$ 4.963
  4. Flamengo – R$ 4,536
  5. Internacional – R$ 4.089
  6. Cruzeiro – R$ 3.866
  7. Santos – R$ 3.459
  8. Grêmio – R$ 3.338
  9. Atlético-MG – R$ 3.119

Curiosidades do ranking de custos

O Corinthians, que lidera o ranking acumulado, mostra um crescimento ano a ano nos custos com futebol. Chama atenção inclusive o fato dos valores estarem próximo dos R$ 500 milhões anuais, mesmo sem contratações de peso, como aconteceu em 2021.

Situação similar vive o São Paulo, que teve um pico nos investimentos entre os anos de 2012 e 2020, mas sem títulos de peso no período.

Por outro lado, até de forma esperada, aparecem Palmeiras e Flamengo, que nos últimos anos também aumentaram seus custos com futebol, mas tiveram conquistas importantes.

Por fim, vale destacar a situação do Cruzeiro, que durante anos esteve entre um dos principais clubes do país, mas agora convive com a Série B e com grandes chances de seguir fora da divisão principal pelo terceiro ano seguido.

LEIA TAMBÉM:

Talisca no Corinthians? Jogador recebe salário astronômico no Al-Nassr; veja valores
Titular do Corinthians tem lesão diagnosticada e vira desfalque por cinco semanas
Mancha Verde cobra Galiotte por conduta à frente do Palmeiras: “Presidente fraco e omisso”
Palmeiras: STJD define resultado do julgamento de Patrick de Paula e Abel Ferreira; veja
Clubes pedem adiamento temporário do Brasileirão caso liminar favorável ao Flamengo não caia
Neto surpreende e aponta “três craques” presentes no time do São Paulo
Muito criticado, Solskjaer explica motivo de ter substituído Cristiano Ronaldo em jogo da Champions League
Eliminatórias da Copa do Mundo: Tite anunciará convocados para mais uma rodada tripla no próximo dia 24