Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Fábio Carille confirma conversas com o Santos, cita o Corinthians e se defende: “Meu trabalho mostra diferenças”

Perto de acerto, treinador já fala como novo comandante do Santos; se for confirmado, ele chega para substituir Fernando Diniz

Paulo Foles
Jornalista, amante da escrita e apaixonado por esportes. Falo sobre futebol internacional, nacional e esportes americanos, principalmente NFL e NBA. Santista e apreciador do bom futebol. Twitter: @PaulFoles

Crédito: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Fábio Carille desembarcou em São Paulo na tarde desta terça-feira (7) e deve ser anunciado em breve como novo treinador do Santos para substituir Fernando Diniz, demitido após derrota para o Cuiabá. Ele confirmou conversas com o clube do litoral e já falou como comandante do Peixe.

“Acabei de falar com meu empresário. Existe, sim, uma conversa com o presidente Rueda, mas tudo muito novo. Vou me encontrar com as pessoas que cuidam da minha carreira para cuidar melhor de tudo isso”, comentou o ex-Corinthians.

O Santos sempre foi apontado como um clube de ‘DNA ofensivo’. Carille comentou sobre o assunto, citou Tite e Mano Menezes no Corinthians e se defendeu:

“Dei continuidade no Corinthians do que aprendi, DNA implantado pelo Mano em 2008 e 2009, veio o Tite e dei sequência. Meu trabalho no Ittihad mostra diferenças, assim como o Corinthians principalmente em 2018, que propunha e ficava com a bola”, disse Carille.

Com negociações muito avançadas, ele falou sobre os recentes reforços do Santos e também sobre o desafio que será treinar o Alvinegro da Vila Belmiro.

“É um clube que se fortaleceu nos últimos dias, chegando Tardelli, Baptistão, o zagueiro Velásquez. Dei uma olhada no aeroporto sobre tudo isso quando vi a possibilidade que existia. É chegar e fazer um grande trabalho com o entendimento de todos para que o Santos melhore”, ressaltou o treinador.

Carille fez história no Corinthians com três títulos do Paulistão e um Campeonato Brasileiro, em 2017. Recentemente, deixou o comando do Al Ittihad por divergências com a diretoria.

LEIA TAMBÉM

Icardi brasileiro? História de Neymar com Jade Picon rende piadas na internet; veja memes

FIFA abre processo disciplinar para investigar Brasil x Argentina

Santos pode ter até cinco reforços em decisão contra o Bahia pelo Brasileirão

Pelé passa por cirurgia para retirada de tumor e segue hospitalizado