Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Flamengo vence Barcelona-EQU e encaminha vaga à final da Libertadores

Flamengo conseguiu cumprir o dever de casa com dois gols de Bruno Henrique para encaminhar a vaga à grande final da Libertadores

Fabrício Carvalho
Jornalista formado / Rio de Janeiro. Redator de notícias, artigos e relatos sobre futebol nacional e internacional, basquete e esportes americanos.

Crédito: Conmebol Media

As melhores notícias de esportes, direto para você

 
Flamengo Flamengo 2-0 Barcelona SC Barcelona-EQU
Conmebol Libertadores 2021 - Semifinal (Ida)

O Flamengo confirmou o favoritismo nesta quarta-feira (22) e venceu o Barcelona-EQU por 2 a 0 no Marem León.acanã para mais de 20 mil pessoas, encaminhando a vaga para a decisão da Libertadores.

Os equatorianos equilibraram o jogo no início e assustaram a torcida no Maracanã com grandes chances, exigindo bastante do goleiro Diego Alves. No entanto, o Flamengo conseguiu dominar as ações no restante do primeiro tempo e construindo a vantagem com dois gols de Bruno Henrique, em assistências de Gabigol e Vitinho.

Antes do intervalo, a situação do Barcelona piorou consideravelmente pois Molina foi expulso. Os equatorianos até assustaram no início do segundo tempo, só que o Flamengo dominou as ações e construiu diversas chances de ampliar a vantagem. No final, Léo Pereira acabou sendo expulso de forma infantil ao dar cotovelada em León.

Na próxima quarta-feira (29), às 21h30 pelo horário de Brasília, Barcelona-EQU receberá o Flamengo em Guayaquil (também com público) na decisão da segunda vaga para a final da Conmebol Libertadores.

Primeiro tempo

O início do jogo foi surpreendente para os torcedores do Flamengo no Maracanã, pois o Barcelona-EQU demonstrou agressividade e incomodou o rubro-negro nos dez minutos iniciais com marcação em bloco alto, pressionando as saídas. Mas o Flamengo também marcou e a partida ficou muito intensa no início.

A primeira jogada de perigo foi rubro-negra e ocorreu aos 3′. Na pressão da saída de bola, o goleiro Burrai se atrapalhou e Vitinho quase abriu o placar, mas a bola saiu para escanteio. León fez o corte na cobrança de Everton Ribeiro que já buscava a cabeçada de Bruno Henrique.

Aos 6′, o placar quase foi aberto depois que Daminán Diaz cruzou na medida para Mastriani chutar de primeira e exigir uma defesa espetacular do goleiro Diego Alves. No rebote, Preciado aproveitou e finalizou, mas Diego Alves novamente defendeu.

Quatro minutos depois, o Barcelona tomou a bola de William Arão e Preciado acionou Martínez na área. Isla desviou no momento do chute em lance que os jogadores equatorianos pediram pênalti, mas o árbitro mandou seguir.

Mas o Barcelona seguiu pressionando e chegando com perigo pelos lados. Aos 10′, Martínez lançou Castillo pelo lado direito e o jogador finalizou com chute cruzado muito firme, exigindo boa defesa de Diego Alves. No lance seguinte, Preciado achou Molina com espaço na entrada da área e a bola passou perto.

Depois de pressionar e jogar com linhas adiantadas, o Barcelona-EQU baixou as linhas e passou a atuar mais no próprio campo, permitindo que o Flamengo conseguisse trabalhar mais a bola. Aos 13′, Gabigol foi lançado na área e acabou caindo após divida com León, mas o árbitro marcou tiro de meta.

Aos 15′, Everton Ribeiro trouxe da direita e bateu na entrada da área. A bola desviou no meio caminho e quase enganou o goleiro Burrai, que espalmou no susto. Bruno Henrique apareceu pelo lado direito com liberdade, mas se atrapalhou na conclusão e desperdiçou um grande chance.

Porém, o Flamengo conseguiu abrir o placar aos 21′ em combinação que o torcedor já conhece. Gabigol percorreu o corredor direito e cruzou para Bruno Henrique testou firme na primeira trave para vencer Burrai.

Apesar de estar mais contido, o Barcelona-EQU buscava aproveitar as oportunidades oferecidas. Aos 25′, Preciado foi lançado na área e recebeu na medida para encontrar Mastriani, que bateu de primeira no funil e a bola passou muito perto do gol rubro-negro.

Depois de alguns minutos com o jogo concentrado no meio-campo, o Flamengo voltou a ameaçar. Aos 33′ a organizada troca de passes terminou com Gabigol cruzando pelo lado esquerdo e Bruno Henrique novamente surgindo na área para testar firme. Desta vez, a bola parou no travessão.

Aos 36′, Andreas Pereira aproveitou erro na saída de bola do Barcelona e finalizou de fora da área, acertando novamente o travessão. Os equatorianos tentaram aproveitar o momento para sair no contra-ataque e buscar transição ofensiva em velocidade, mas a estratégia acabou se voltando contra os visitantes.

Everton Ribeiro iniciou o contragolpe rubro-negro e acionou Gabigol que percorreu o corredor direito. Vitinho recebeu bola esticada no centro da área e deixou na medida para Bruno Henrique surgir livre na esquerda para marcar o segundo do Flamengo, aos 37 minutos do primeiro tempo.

No final do primeiro tempo, o Barcelona tentou incomodar novamente com jogadas individuais. Damián Diaz tentou o chute na entrada da área mas acabou mandando para fora. Em seguida, conseguiu ganhar escanteio a favor dos equatorianos e cobrou fechado na área, só que Diego Alves espalmou.

Antes do intervalo, o Barcelona acabou tendo um prejuízo enorme. Molina teve que derrubar Bruno Henrique em contra-ataque e acabou tomando o segundo cartão amarelo, sendo expulso.

 

Segundo tempo

O Barcelona voltou com o volante Carcelén no lugar do meia Damián Diaz, mas a equipe equatoriana surpreendeu e voltou pressionando bastante o Flamengo as ações iniciais. Logo na primeira jogada, Carcelén aproveitou a bola pela direita na cobrança de escanteio e Diego Alves fez uma defesa espetacular.

Em seguida, o Flamengo conseguiu reassumir o controle do jogo. Isla cruzou na área e Vitinho cabeceou firme, mas Burrai defendeu com o pé. Na sobra, Andreas Pereira desperdiçou e mandou para fora aos 3′.

Aos 6′, Gabigol fez o levantamento na área buscando Bruno Henrique, mas Castillo cortou e impediu o replay do gol no primeiro tempo. Aos 9′, Arão acionou Gabigol na área o chute cruzado saiu pela esquerda após intervenção de Burrai.

David Luiz deixou o campo de jogo aos 12 minutos e foi ovacionado por mais de 20 mil torcedores no Maracanã. Léo Pereira e Thiago Volante entraram, pois Vitinho também deixou o campo. Andreas passou a atuar mais avançado e melhorou consideravelmente.

Inspiradíssimo, Bruno Henrique quase completou seu hat-trick ao aproveitar sobra na área e chutar. Só que Castillo novamente estava atento e salvou o Barcelona.

Com um jogador a menos e sem espaços para construir, restava para a equipe equatoriana apenas experimentar de longe. Mastriani conseguiu testar o goleiro Diego Alves aos 21′ em chute de fora.

Na reta final, o jogo passou a ficar mais truncado no meio-campo com o Flamengo cadenciando as ações. O Barcelona até tentava chegar ao ataque, mas não conseguia ter condições para ameaçar mais o rubro-negro.

O Flamengo confirmou a vitória, mas tomou prejuízo no final do jogo pois Léo Pereira tomou cartão vermelho direto depois de acertar cotovelada no rosto de León.

 

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 2-0 BARCELONA-EQU

Data: 22/09/2021, 21:30
Estádio: Maracanã
Árbitro: Andrés Cunha

Gols: 1T 21′ Bruno Henrique (Flamengo); 1T 38′ Bruno Henrique (Flamengo)

Cartões Vermelhos: 1T 47′ Molina (Barcelona); 2T 44′ Léo Pereira (Flamengo)

Substituições – Flamengo: Léo Pereira (D.Luiz); Thiago Maia (Vitinho); Matheuzinho  (Isla); Michael (Bruno Henrique); Pedro (A.Pereira)

Substituições – Barcelona: Carcelén (D.Diaz); Garcés (Mastriani); Perlaza (Preciado); Montaño (E.Martinez); Sergio López (Piñatares)

Flamengo (4-2-3-1): Diego Alves; Isla, Rodrigo Caio, David Luiz, Renê; Willian Arão, Andreas Pereira; Everton Ribeiro, Vitinho, Bruno Henrique; Gabriel. Técnico: Renato Gaúcho

Barcelona-EQU (4-2-3-1): Burrai; Castillo, León, Riveros, Pineida; Piñatares, Molina; Martínez, Damián Díaz, Preciado; Maestriani. Técnico: Fabian Bustos

 

LEIA TAMBÉM

Flamengo é o clube brasileiro de maior alcance nas redes sociais; Corinthians e São Paulo fecham o top-3 de agosto

Por atos de indisciplina, três jogadores emprestados a clube de Séria A devem ser devolvidos a São Paulo e Corinthians

Sul-Americana: Artur brilha, Red Bull Bragantino bate o Libertad e sai na frente nas semis

Artur faz fila, cruza ‘com a mão’ e Ytalo faz golaço para o Red Bull Bragantino na Sul-Americana; veja o lance

Copa do Brasil: CBF define ordem dos mandos de campo das semis; confira quem decide em casa

Brasileirão: prêmio de Jogador do Mês disponibiliza alimentos para doação

Adriano Imperador cita força da torcida no Maracanã e se declara: “Flamengo para mim é tudo”

Velloso critica jogador do Palmeiras no duelo contra Atlético-MG pela Libertadores: “Não pegou na bola”