Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Sindicato de jogadores da NFL vai investigar treinador por causa de comentários a respeito da vacinação dos atletas

Urban Meyer, técnico dos Jaguars, admitiu na terça-feira (31) que considerou a situação vacinal dos jogadores na hora de fazer os cortes

Luís Martinelli
Jornalista, fã de esportes americanos (NFL, NHL, MLB e NBA), futebol australiano e de fantasy sports. Criador dos @BlogNEJ, @BrasilFooty e @ViciadoFSports

Crédito: Divulgação/Jacksonville Jaguars

O sindicato de jogadores da NFL, NFLPA, vai investigar o Jacksonville Jaguars por causa de comentários do treinador do time, Urban Meyer sobre a vacinação dos jogadores contra a COVID-19.

“Esses comentários nos levaram a abrir uma investigação”, disse o porta-voz da NFLPA, George Atallah, para o site ProFootballTalk após a página noticiar a declaração de Meyer nesta terça-feira (31).

Só para ilustrar, Meyer admitiu que a franquia considerou o status de vacinação dos atletas para os cortes.

“Todos foram considerados”, disse Urban Meyer aos repórteres. “Foi considerada a produção e também se o jogador foi vacinado ou não. Para dizer que isso foi um fator decisivo para a decisão, certamente estava sob consideração”.

Os protocolos conjuntos da NFL e NFLPA incentivam a vacinação dos jogadores, impondo restrições para quem não se imunizar. Entretanto, as regras proíbem que o status da imunização seja levado em consideração para definir se o atleta ficará empregado.

Anteriormente, o gerente geral dos Bills, Brandon Beane, afirmou que dispensaria jogadores não-vacinados, se isso levasse a uma intertemporada normal. Por outro lado, o diretor-executivo do sindicato de jogadores da liga, DeMaurice Smith, condenou a “estupidez” do comentário de Beane.

Obviamente, a situação vacinal dos atletas deve ter sido levada em consideração na hora de definir o elenco dos times. O corte do Quarterback Cam Newton pelos Patriots pode ser encaixado nesse critério, por exemplo. Entretanto, segundo o ProFootballTalk, Meyer não deveria ter falado abertamente sobre cortar jogadores de acordo com o status de imunização.

LEIA TAMBÉM

Regras de COVID da NFL causarão inconveniências para jogadores não vacinados

NFL: Cam Newton é cortado e Mac Jones se torna o Quarterback titular dos Patriots

75% dos jogadores da NFL já estão imunizados contra a COVID-19 e Falcons é o primeiro time com 100% de atletas vacinados

Técnico de time da NFL é demitido depois de recusar tomar vacina para COVID-19

Saída? Diretor do São Paulo dá declaração importante sobre Daniel Alves

Mercado da bola nacional: 15 contratações que ninguém imaginava

Léo Baptistão, Dudu, Willian, Calleri e mais: Os reforços dos quatro grandes paulistas na janela de transferências

Brasileirão: Diego Costa, Willian e mais; veja 12 nomes que vieram da Europa para jogar o torneio