Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Caso confirme última Copa do Mundo em 2022, Neymar deixará a seleção brasileira com a mesma idade de Ronaldo Fenômeno

Em documentário, Neymar disse que não deve disputar mais nenhuma Copa do Mundo após 2022

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Reprodução / Torcedores

A declaração de Neymar, que foi vinculada ontem em documentário do DAZN, chamado de Neymar Jr. and The Line Of Kings, em que o jogador revelou a Copa do Mundo de 2022, no Qatar, será a última de sua carreira, chamou a atenção e foi um dos assuntos mais comentados do final de semana.

O camisa 10 do PSG disse que talvez não tenha mais cabeça para aguentar o futebol. “Acho que é minha última Copa do Mundo. Eu encaro como a minha última porque não sei se terei mais condições, de cabeça, de aguentar mais futebol. Então vou fazer de tudo para chegar muito bem, fazer de tudo para ganhar com meu país. Para realizar o meu sonho desde pequeno e espero poder conseguir.”

E caso Neymar confirme sua própria previsão, ele deixará o time brasileiro com a mesma idade que outro ídolo histórico: Ronaldo Fenômeno. Isso porque Neymar estará com 30 anos na Copa do Mundo do Qatar, em 2022. A mesma idade que o eterno camisa 9 do Brasil tinha na Copa do Mundo de 2006, na Alemanha, sua última com a camisa amarelinha. Ronaldo, porém, foi campeão do mundo duas vezes, em 1994 e 2002, e é o maior artilheiro brasileiro em Copas, com 15 gols.

Outra diferença é que Neymar, apesar de lesões recentes, nunca passou por uma grave lesão como Ronaldo, que lutou contra problemas crônicos no joelho durante toda a carreira profissional.

O camisa 10 tem contrato com o PSG até junho de 2025 e deve ter restante de carreira diferente da que viveu Ronaldo. Isso porque o camisa 9 deixou o Real Madrid em 2006 para defender o Milan, onde voltou a sofrer com problemas físicos, ficou um ano, disputou 20 jogos, marcou nove gols, mas sofreu outra grave lesão. Ficou em jogar até o início de 2009, quando surpreendeu e, mesmo acima do peso, voltou ao Brasil para brilhar com a camisa do Corinthians. Ronaldo aposentou do futebol oficialmente em fevereiro de 2011, com 34 anos.

Leia também:

As melhores notícias de esportes, direto para você