Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Clima quente! Ex-presidente do Atlético-MG detona Flamengo após pedido de punição

Flamengo pediu punição ao Atlético após pressão relatada pela arbitragem no jogo contra o Santos

Eder Bahúte
Jornalista e assessor de imprensa.

Crédito: Divulgacao Atlético/Flamengo

Atlético e Flamengo são apontados como os principais candidatos ao título do Brasileirão deste ano. A cada rodada, ambos tendem a ficar cada vez mais atentos as atuações dos árbitros, temendo um eventual favorecimento externo. No meio de semana, o cenário ficou explícito.

Na vitória do Atlético sobre o Santos, por 3 a 1, o árbitro Paulo Roberto Alves relatou comportamento ríspido de funcionários do Galo, como por exemplo o diretor de futebol Rodrigo Caetano, que teria chutado a porta da cabine do VAR seguido de ofensas ao cobrar pênaltis não assinalados no primeiro tempo.

Mais tarde, nas redes sociais, o vice-presidente geral e jurídico do Flamengo, Rodrigo Dunshee, pediu que o Atlético fosse punido por não proporcionar ‘segurança para o trabalho da arbitragem’.

– Quando o clube mandante não proporciona segurança para o trabalho da arbitragem, qdo invadem ou tentam invadir a sala onde se pratica a arbitragem por vídeo, a consequência só pode ser uma: perda do mando de campo e punição severa dos invasores/agressores. Vamos aguardar o STJD.

Ex-presidente alvinegro, Sérgio Sette Câmara rebateu na manhã desta sexta-feira.

– Falou o representante do clube mais ajudado em TODOS os tempos pela arbitragem brasileira, cuja arrogância não lhe permite enxergar nada além do próprio umbigo!

Mais cedo, o ex-vice-presidente do Galo, Lásaro Cândido da Cunha, também havia se manifestado acerca da publicação do dirigente rubro-negro.

– Aproveite e pegue uma “assessoria” do Jose Roberto Wright. Quem sabe ele pode ajudar…

Na tabela do Brasileirão, o Atlético soma 56 pontos contra 45 do Flamengo. Vale lembrar que a equipe carioca ainda possui dois jogos a menos que o adversário mineiro.

LEIA TAMBÉM: