Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Derek Carr critica Jon Gruden, mas desafia profissionais da NFL a abrir e-mails: “Pessoas suariam frio”

Quarterback do Las Vegas Raiders, Derek Carr comentou que liga deveria abrir mensagens de outros profissionais tal qual o vazamento de Jon Gruden

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

Jon Gruden segue sendo o centro das atenções em tudo que envolve a National Football League (NFL). Head coach do Las Vegas Raiders até a última segunda-feira (11), quando uma troca de e-mails envolvendo o profissional foi vazada pelo The Wall Street Journal, ele foi tema de mais uma entrevista coletiva. Agora, concedida nesta quarta-feira (14) por Derek Carr, quarterback da franquia de Nevada.

Antes de mais nada, Derek Carr criticou o antigo treinador, que pediu demissão na esteira do escândalo. “Vocês me conhecem. Não apoio esse tipo de linguagem. Eu não falo desse jeito. Meus filhos jamais falarão dessa forma. E é difícil, pois gosto muito dele. Acho que, antes de mais nada, ele precisa de pessoas que o ajudem e o amem. Ao mesmo tempo, o que é certo é certo, e o que é errado é errado”, destacou.

Pouco depois, Derek Carr demonstrou lealdade ao antigo treinador – mesmo, novamente, tecendo críticas a ele. “Odeio isso, e sinto muito por todos que foram envolvidos. Mas sempre serei alguém que vai amar os outros, independente do que fizerem. Se isso estiver errado, então não tenho problemas por estar errado. Sempre tentarei reerguer as pessoas. Isso não torna certo o que elas fizeram. Ainda assim eu estarei lá, no próximo passo, do outro lado, para ajudá-lo a se erguer”, destacou.

Além de Derek Carr, Carl Nassib, defensive end da franquia, também recebeu atenção especial da equipe.

Desafio

Em outro momento da entrevista coletiva, Derek Carr deixou claro que, para ele, Gruden não é o único que age de tal maneira. “Eu amo o homem e odeio o pecado. Ninguém é perfeito. Se começássemos a abrir os e-mails e mensagens particulares de todo mundo, algumas pessoas suariam frio. Não muitos, espero. Mas talvez seja isso o que deveria ser feito com todos os técnicos, general managers e proprietários daqui para a frente. Escancarem tudo. Abram as coisas e vamos ver o que acontece”, finalizou.

LEIA MAIS
Equipe da NBA vê novo filme da saga Star Wars em shopping que era alvo de tiroteio
Terra plana: conheça as estrelas da NBA que acreditam na teoria
Craque do Golden State Warriors faz cirurgia e volta à NBA apenas em 2020, afirma empresário do jogador