Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Ex-presidente da Mancha Verde dispara contra Luiz Adriano: “Saia do nosso clube seu mercenário”

A discussão de Luiz Adriano com o torcedor do Palmeiras ocorreu na derrota por 4 a 2 para o Red Bull Bragantino

Dayvidson Soares
Jornalista, com passagens por Globoesporte.com, Lance! (Craque do Futuro) e Jornal Gazeta de Alagoas. Apaixonado por futebol e boas histórias.

Crédito: Reprodução/ Instagram | Marcos Brindicci - Pool/Getty Images

Ex-presidente da Mancha Verde e ligado ao Palmeiras, Paulo Serdan usou as redes sociais para detonar o atacante Luiz Adriano, que xingou um torcedor palmeirense durante a derrota para o Red Bull Bragantino por 4 a 2, pelo Campeonato Brasileiro.

Paulo Serdan postou o vídeo que viralizou na web, em que Luiz Adriano xinga um torcedor do Palmeiras. O ex-presidente usou fortes palavras contra o camisa 10 do Palmeiras.

“Arrogante, safado, sem vergonha e vagabundo, esses são os adjetivos que eu gostaria de dizer em sua cara, Luiz Adriano”, disparou Paulo Serdan contra Luiz Adriano.

O ex-presidente da Mancha Verde também pediu para Luiz Adriano sair do Palmeiras e pediu uma atitude do presidente Maurício Galiotte.

“Saia de nosso clube seu mercedário. Tome uma atitude Maurício, antes de sair represente seu torcedor, senão mesmo com as conquistas você será patético”.

Veja a publicação de Paulo Serdan

Explicação do atacante

Por meio de sua assessoria de impressa, o atacante Luiz Adriano justificou a discussão e xingamento contra o torcedor do Palmeiras na derrota para o Red Bull Bragantino.

“Um indivíduo começou a xingar a minha família, filhos, e eu rebati com um xingamento, porque assim como qualquer pessoa, não admito que falem dos meus familiares que não tem nada a ver com isso. Aceito as críticas em relação ao meu futebol, mas não é legal quando ofende minha esposa, filhos e familiares”, explicou o camisa 10.

Luiz Adriano também pediu desculpas pelo acontecimento e disse que buscará uma nova armação na equipe comandada pelo técnico Abel Ferreira.

“Confesso que foi um momento de cabeça quente, e foi direcionado a uma pessoa e não a torcida do Palmeiras, que tenho um respeito, admiração e carinho enorme. Peço perdão sincero pela minha atitude, mas não posso aceitar ofensas envolvendo pessoas que amo. Luto e sempre lutarei por essa camisa. Treino sério. Não faço corpo mole como dizem por aí. Sempre entro em campo com muita vontade de vestir essa camisa”, encerrou o atacante.

LEIA TAMBÉM:

Luiz Adriano, do Palmeiras, xinga torcedor no Allianz e vídeo viraliza; assista

Flamengo se pronuncia sobre suposto incentivo de dinheiro no Brasileirão

Ronaldo surpreende e indica o seu favorito para levar Bola de Ouro: “Melhor atacante”

Rivaldo vê situação de Neymar semelhante com outros 2 craques do Brasil

As melhores notícias de esportes, direto para você