Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Fórmula 1: Alonso aponta ‘mal necessário’ na categoria: “Sempre precisará.”

Bicampeão mundial de Fórmula 1 fala sobre artifício que deixa corridas mais emocionantes

Alexander Rodrigues
Redator no @AlemanhaFC, @Torcedorescom, ADM da página @futebolcomamor e torcedor do Feyenoord.

Crédito: Divulgação/Instagram - @fernandoalo_oficial

Fernando Alonso, duas vezes campeão do mundo e que atualmente dirige o carro da Alpine Renault, falou em entrevista ao Motorsport sobre o que acha do DRS (asa móvel) que os pilotos têm à disposição para facilitar as ultrapassagens. Na visão do espanhol, mesmo que um pouco fake, é uma boa ferramenta para a categoria.

“Acho que a Fórmula 1 sempre precisará. Eu sei que produz algumas ultrapassagens artificiais em alguns circuitos. Mas se olharmos para o passado, quando não tínhamos o DRS, as corridas eram muito mais entediantes. Era muito mais difícil de ultrapassar. A F1 não é como outras categorias. Por causa da natureza da aerodinâmica e por como os times exploram isso, sempre será difícil seguir o rival à frente de perto. Então o DRS será útil, mesmo no futuro.” – afirmou Alonso, que também falou sobre a evolução da categoria e sua expectativa para a temporada de 2022, que promete grandes mudanças.

“O domínio da Mercedes foi brutal nos primeiros três ou quatro anos da era V6. E aí, a partir de 2017, quando a Fórmula 1 introduziu pneus maiores e carros mais largos, acho que foi um passo para trás em termos de conseguir seguir de perto o carro da frente e produzir boas corridas. Faltam elementos do passado, mas a F1 aprendeu com essas experiências e acho que teremos uma melhor temporada em 2022.” – finalizou.

Fonte: GE

Leia também

Fórmula 1: Estrela da categoria deixa de participar de série da Netflix: “Forjam coisas”

Fórmula 1: Categoria fica em alerta com possível volta de figura polêmica

Fórmula 1: Depois de revelar sexo antes das corridas, Ricciardo fala sobre ainda não ter sido campeão

Fórmula 1: Lewis Hamilton abre o jogo sobre possibilidade de ir para a Ferrari

Flamengo dá mais ibope em SP do que paulistas na Libertadores no SBT

Com Rogério Ceni, São Paulo pode ter novo goleiro como alvo para 2022

Atlético-MG: Hulk abre o jogo e diz jogaria por outro clube no Brasil

Clubismo na TV? Disney define narrador de Palmeiras x Flamengo e recebe críticas