Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Fórmula 1: Após sucesso do GP de Austin, EUA pode ter mais uma corrida na categoria

Estados Unidos podem ter três GPs de Fórmula 1

Alexander Rodrigues
Redator no @AlemanhaFC, @Torcedorescom, ADM da página @futebolcomamor e torcedor do Feyenoord.

Crédito: Divulgação/Instagram - @mercedesamgf1

Depois do incrível sucesso do Grande Prêmio de Austin de Fórmula 1, que contou com 140 mil pessoas no dia da corrida e 400 mil em todo o final de semana, os Estados Unidos podem ganhar mais uma corrida para a próxima temporada da F1. Lembrando que Miami irá estrear em 2022.

Segundo o que o jornal inglês Daily Mail divulgou em sua versão digital na última segunda-feira (25), a Liberty Media está em negociações para realizar um Grande Prêmio de Fórmula 1 na cidade de Las Vegas.

“Tive a oportunidade de falar com os líderes da Fórmula 1 e agradeço seu tempo. Apesar do ímpeto, há vários obstáculos a serem resolvidos antes que qualquer acordo seja feito.” – revelou Steve Sisolak, governador do estado de Nevada, onde fica a cidade de Las Vegas.

O circo da F1 volta a se reunir nos próximos dias 5, 6 e 7 de novembro no Grande Prêmio do México, que será disputado no Circuito Hermanos Rodríguez, válido pela décima oitava etapa do mundial da categoria. A largada será no domingo (7), às 16h (de Brasília).

Fique ligado aqui no site Torcedores para saber tudo sobre o esporte no Brasil e em todo o mundo!

Leia também

Fórmula 1: Comentarista detona comportamento de celebridades no GP dos EUA: ” Devem ter respeito”

Fórmula 1: Alonso fala sobre polêmica com Raikkonen no GP dos EUA: “Não estava tentando provar nada”

Fórmula 1: Abalada após derrota nos EUA, Mercedes tem grande preocupação para o resto do campeonato

F1: Marcas pesadas planejam entrar na categoria

Semis da Copa do Brasil e mais: veja os principais jogos desta quarta(27)

VAR no Brasileirão: Veja os mais “favorecidos” e “prejudicados” até a 28ª rodada

CBF toma importante decisão sobre convocação de jogadores que atuam no Brasil e fará pedido a Tite

Mergulhado em dívidas, time da Série A deve ser mais um a se tornar clube empresa