Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Manchester City quer craque do West Ham para substituir Fernandinho

Estrela do West Ham pode pintar no Manchester City

Alexander Rodrigues
Redator no @AlemanhaFC, @Torcedorescom, ADM da página @futebolcomamor e torcedor do Feyenoord.

Crédito: Friedemann Vogel - Pool/Getty Images

Segundo matéria publicada pelo The Athletic, o Manchester City quer contratar o volante inglês Declan Rice, estrela do West Ham e titular da seleção da Inglaterra. A notícia dá conta de que o City vê em Rice um ótimo substituto para o brasileiro Fernandinho.

Rice, de 22 anos, tem um valor de mercado de 70 milhões de euros (cerca de 450 milhões de reais), segundo site Transfermarket, especialista em janela de transferências. O atleta tem mais três anos de contrato, que vai até junho de 2024, porém o West Ham tem a opção de mais um ano.

Campeonato Inglês 2021/22

Confira a classificação atualizada

O brasileiro Fernandinho, de 36 anos, está no seu último ano de contrato com o Manchester City.

Depois de bater o Bunrley por 2×0, o Manchester City, comandado pelo espanhol Pep Guardiola volta a campo nesta terça-feira para enfrentar o Club Brugge em partida válida pelo grupo A da UEFA Champions League. Na Premier League, os Citzens estão na terceira colocação na tabela com 17 pontos.

Fique ligado aqui no site Torcedores para saber tudo sobre o esporte no Brasil e em todo o mundo!

Leia também

Manchester City fixa preço por jogador insatisfeito que pode sair em janeiro

Manchester City encaminha renovação de jogador-chave para futuro do clube

Manchester City_: Insatisfeito no clube, jogador pode pintar no Newcastle em janeiro

Manchester City_: Acusado de estupro, Mendy tem futuro definido pela justiça

Jogador sofre tentativa de homicídio e é internado em estado grave na UTI

Vai vender? Gigante do futebol brasileiro se posiciona após rumores de negociações com fundo árabe que comprou o Newcastle

Duelos da Champions League, Série B e mais: veja os jogos e transmissões de hoje (19)

Diretor da CBF diz que a seleção brasileira pode ser o produto mais rentável do mundo e explica como fazer isso