Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Marta se anima com segundo tempo do Brasil contra a Austrália: ‘Muita coisa legal vem aí’

Meia deu uma assistência na segunda partida da seleção brasileira contra as australianas

Lucas Ayres
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/Thaís Magalhães/CBF

A seleção brasileira de futebol feminino terminou, nesta terça-feira (26), sua “excursão” à Austrália. Nela, foram duas partidas amistosas contra o selecionado local, sendo uma derrota, por 3 a 1, no último sábado (23), e o mais recente empate, por 2 a 2.

Ainda que tenha não tenha vencido nenhuma das duas partidas, a equipe treinada por Pia Sundhage sai da Oceania com uma boa impressão para o ciclo visando a próxima Copa do Mundo, que será disputada em 2023, justamente na Austrália (e na Nova Zelândia). Pelo menos para sua principal jogadora.

Para Marta, a avaliação positiva vem, principalmente do segundo tempo, que o Brasil foi buscar o empate após sair perdendo por 2 a 0. A camisa 10, inclusive, deu a assistência para o primeiro gol da reação brasileira, marcado pela zagueira Érika.

Ao final do jogo, a “Rainha” comentou sobre a partida e sobre sua atuação, que entendeu ter sido boa. “Eu acho que fiz uma boa partida. Procurei estar envolvida em todas as ações, ajudar minhas companheiras. Acho que a equipe se comportou bem em ambos os jogos”, analisou a veterana.

Para além do que aconteceu em campo no CommBank Stadium, Marta procurou comentar sobre o momento em si da seleção brasileira, e a preparação para o Mundial. E foi otimista. “Acho que muita coisa legal vem aí. É um momento de renovação, quando estamos tendo a oportunidade de jogar com meninas novas, algumas sem tanta experiência internacional. Hoje (terça, 26) foi um grande jogo e acredito até que, se tivéssemos um pouco mais de tempo, iríamos virar a partida”, comentou a craque.

Após a excursão australiana, o Brasil de Marta, Pia e cia ainda não tem jogos marcados para o restante do ano. A próxima competição no calendário da equipe é a Copa América, que se inicia em julho de 2022, e dá vaga para a Copa do Mundo de 2023.

LEIA TAMBÉM

Intensidade alta, fragilidade defensiva e nova espinha dorsal: empate contra a Austrália deixa lições para a Seleção Feminina

CBF confirma Marta como maior artilheira da seleção à frente de Pelé e Neymar; veja números

Pia justifica convocação de Marta: “Importante no passado, presente e futuro” da seleção brasileira05

Mauro Cézar elege pior técnico do Brasil, troca entre Pablo e Marinho e polêmica Neto x Sylvinho: destaques da imprensa

Confira a seleção do Bola de Prata da 28ª rodada do Brasileirão

Jogador de 20 anos é o lateral com mais gols no Brasileirão; veja números

Brasileirão: Times da Série A chegam a 34 trocas de técnicos em 2021; veja lista completa

Os jogadores mais velhos que balançaram as redes no Brasileirão 2021