Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

NBA: Kyrie Irving afirma não ser antivacina e releva motivo para não se imunizar

Na terça-feira (12), o Brooklyn Nets comunicou que Irving não participará das atividades do time até se vacinar

Luís Martinelli
Jornalista, fã de esportes americanos (NFL, NHL, MLB e NBA), futebol australiano e de fantasy sports. Criador dos @BlogNEJ, @BrasilFooty e @ViciadoFSports

Crédito: Nathaniel S. Butler/NBAE via Getty Images

No mesmo dia (12) que o Brooklyn Nets anunciou que o armador e ala-armador Kyrie Irving poderá jogar e treinar pelo time até que ele se vacine, representantes do jogador se manifestaram sobre a decisão da franquia.

De acordo com uma matéria escrita por Shams Charania, do The Athletic, Irving diz não ser antivacina. Segundo fontes do jornalista, o jogador ainda não se imunizou contra a COVID-19 pois está chateado que pessoas estão perdendo empregos por causa da vacinação obrigatória.

“Esta é a explicação que Irving está usando para os companheiros mais próximos de time”, escreveu Charania. “Para ele, é sobre uma luta maior do que na quadra e Irving está desafiando a percepção do controle da sociedade e do modo de vida das pessoas, de acordo com fontes com conhecimento da mentalidade de Irving. É uma decisão que ele acredita ser capaz de tomar, dada a sua dinâmica de vida atual. ‘Kyrie quer ser uma voz para os que não tem voz’, uma fonte disse”.

Além disso, segundo o artigo do jornalista, o atleta decidiu usar a sua “plataforma” como uma pessoa famosa e de jogador popular da NBA para “defender a sua causa”.

“Ele é um jogador sete vezes All-Star, duas vezes All-NBA e ex-Calouro do Ano, que deve perder US$ 200 milhões por decidir usar a sua plataforma para defender a sua causa por cada pessoa decidir por elas mesmas sobre se elas devem se vacinar ou não sem impactar nos seus status de trabalho”.

Propostas de trocas de outros times por Kyrie Irving

Entretanto, a matéria de Charania não explicou o motivo de Irving não discutir publicamente a questão. Além disso, não ter usado a “plataforma” para reunir quem foi prejudicado pela vacinação obrigatória. E, por fim, não ter falado sobre a sua não vacinação, chamando de uma “decisão pessoal”.

Enfim, o escritor do The Athletic discutiu sobre a possibilidade de Kyrie Irving ser trocado. Segundo ele, times rivais acreditam que os Nets estariam abertos por uma proposta significativa por Irving. Contudo, a disponibilidade para jogar por outras franquias é incerta. Por fim, ele estaria elegível para entrar em quadra em todos os mercados, exceto Nova York e San Francisco.

LEIA TAMBÉM

Conmebol pune Atlético no bolso em jogo contra o Palmeiras; veja o valor

Jornalista detona Neymar após declarações do craque sobre futuro: “Sempre foi um irresponsável”

Trio perde espaço e pode deixar o São Paulo em 2022; veja nomes

Luiz Adriano quer trocar o Palmeiras por outro time da Série A em 2022