Torcedores – Notícias Esportivas

Jorge Jesus no Atlético-MG: Técnico recebe sondagem do Oriente Médio em meio a conversas com o Galo

Jorge Jesus está livre no mercado da bola após ser demitido do Benfica

Wilson Pimentel
Jornalista esportivo desde 1998. Cobriu os principais eventos esportivos da última década. Passou pelas redações do SBT, Record TV, CNT, Esporte Interativo, Rádio Tupi, Rádio Brasil e Rádio Manchete. É correspondente de veículos de comunicação da Colômbia, Croácia, Paraguai e Portugal. Está no Torcedores.com desde 2019.

Crédito: Divulgação/ Benfica

Jorge Jesus, ex-técnico do Benfica, recebeu sondagem do Al Hilal, da Arábia Saudita. Em baixa no mercado da bola devido a demissão recente do clube encarnado, o treinador teve estafe consultado nos últimos dias antes de iniciar conversas com o Atlético-MG.

O Torcedores.com apurou que Jorge Jesus é o nome favorito do Sheik Nawaf Bin Saad, dono do Al Hilal, para retornar ao clube saudita. Afinal, o Mister conduziu o time ao título da Supertaça da Arábia Saudita na temporada 2018/2019.

Além de Jorge Jesus, representantes do Al Hilal, que estão em Lisboa, também sondaram a situação de André Villas-Boas. O treinador português, que chegou a ser cotado para comandar o Flamengo, não pretende trabalhar fora da Europa

Ainda segundo apurou a reportagem, a ideia de Jorge Jesus é não tratar do futuro até ouvir a proposta do Atlético-MG. A diretoria tem uma videoconferência agendada com o treinador. Nos bastidores, existe certa expectativa de que o português receberá uma oferta tentadora.

Oficialmente o Atlético-MG não revela os planos para fechar com Jorge Jesus. Entretanto, sabe que terá de abrir os cofres para contratar toda sua comissão técnica. O plano é anunciar até quinta-feira e tratar da vinda dele nos primeiros dias de janeiro.

Al Hilal deve demitir técnico no começo de 2022

A diretoria do Al Hilal está mapeando o mercado da bola em busca de um substituto para o técnico Leonardo Jardim. O treinador já foi, enfim, comunicado nesta quarta-feira que não seguirá a frente do time na próxima temporada.

Afinal, o Al Hilal não faz boa campanha no Campeonato Saudita. Nos últimos cinco jogos, por exemplo, venceu um jogo, empatou dois e perdeu outros dois. Além disso, a equipe ocupa a quinta colocação.

Internamente o trabalho não é bem avaliado pelo Sheik Nawaf Bin Saad para um elenco que conta com os astros Bafétimbi Gomis, Matheus Pereira Luciano Vietto, Moussa Marega e André Carrillo.

Agora, a direção do clube vai esperar a realização da final da Supertaça da Arábia Saudita, dia 6 de janeiro, no Estádio King Fahd, para desligar Leonardo Jardim. Enquanto isso, o Al Hilal irá monitorar a negociação entre Atlético-MG e Jorge Jesus. 

LEIA MAIS: 

Jorge Jesus no Atlético-MG: Benfica planejava que técnico virasse dirigente do clube após sai aposentadoria 

Jorge Jesus no Atlético-MG: Diretoria não deixará treinador fazer “faxina” na comissão técnica 

Jorge Jesus no Atlético-MG: Ricardo Guimarães é peça-chave na negociação com ex-técnico do Benfica 

Em fim de contrato com DC United, Ramón Ábila, ex-Cruzeiro, recebe proposta de clube chileno 

São Paulo economiza quantia milionária com saídas no elenco; veja valores   

Jornalista aponta principal problema de Paulo Sousa assumir o Flamengo    

Clube do Oriente Médio desiste de contratar Diego Costa, e Gilberto entra na mira; saiba mais    

Marcelo pretende seguir os passos de Ronaldo e comprar clube no Brasil