Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Atlético: Dudamel avalia baixas, mantém mistério e faz promessa para a torcida

No Horto, Atlético precisa reverter vantagem de três gols do Unión Santa Fé

Eder Bahúte
Jornalista e assessor de imprensa.

Crédito: Bruno Cantini

Nesta quinta-feira (20), o Atlético entra em campo em busca de uma vaga na segunda fase da Copa Sul-Americana. A partida contra o Unión Santa Fé acontece às 21h30 (de Brasília), na Arena Independência, em Belo Horizonte. A tarefa do Galo, porém, não será nada tranquila.

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

No confronto de ida, na Argentina, o time comandado por Rafael Dudamel foi derrotada por 3 a 0. Com isso, o Atlético necessita ao menos devolver o revés para levar a disputa para os pênaltis. Por isso, espera-se uma postura bem mais agressiva dos brasileiros.

Ao torcedor, Dudamel promete um Galo atacando desde os primeiros minutos de jogo. “Podem esperar uma equipe que irá buscar a partida. Vai ser uma partida de muito desgaste, o Unión vem de derrota nas últimas duas partidas, e aposta tudo na Sul-Americana. Temos que ir para o tudo ou nada! Jogar com ambição e com caráter. Não vai ser fácil, mas vamos nos entregar ao máximo para fazer tudo possível para conseguir”, prometeu.

Para este compromisso, o comandante venezuelano não poderá contar com o volante Allan, que cumpre suspensão, além de outros que não foram inscritos na competição.

“Não tenho Savarino que não está inscrito, não vou ter Allan porque está expulso. Não terei a equipe completa. Tardelli não está habilitado, nem fisicamente, também não está inscrito. Então, não posso falar de uma equipe titular, mas contra o Unión vamos ter o melhor que temos”, concluiu.

Como de praxe, os trabalhos são fechados para a imprensa, que pode acompanhar apenas 15 minutos de atividade. A escalação segue sendo um mistério.

LEIA MAIS: