Zidane acredita que crise não atrapalhará o Barcelona: “Não terão fraquezas”

Desentendimento entre Abidal e Messi gerou discussões na Espanha e no mundo

Jeferson Macedo
Colaborador do Torcedores.com.

Foto: Divulgação/ La Liga

O “dedo na ferida” colocado pelo ex-lateral Abidal, atual dirigente do Barcelona, sobre o elenco do clube, não caiu bem e gerou resposta incisiva de Lionel Messi, principal líder da equipe em campo e atual melhor jogador do mundo. A briga pública deve gerar uma reunião no Barcelona e provocou uma série de debates na Espanha sobre ambos, já que Abidal e Messi foram companheiros em campo por muitos anos até a aposentadoria do ex-defensor.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Além do Barcelona, a crise vem sendo repercutida também em outros clubes. Na coletiva de imprensa na véspera do jogo da Copa do Rei entre Real Madrid e Real Sociedad, o técnico Zinedine Zidane comentou brevemente sobre o problema do rival. Apesar das circunstancias, Zidane acredita que isso não será um refletido em campo e que o clube vai ser bem competitivo.

“Não vou opinar sobre outra equipe. Eles vão competir até o final da temporada. Não terão fraquezas. Eles vão fazer tudo muito bem. Nós não ganhamos nada e eles vão competir até o final. Os bons são sempre bons”, disse o treinador.

Tanto Barcelona quanto Real Madrid, entram em campo nesta quinta-feira para a disputa das quartas de final da Copa do Rei. O time catalão vai enfrentar o Athletic de Bilbao fora de casa, já os Merengues também em busca da classificação para as semifinais, enfrenta o Real Sociedad.

LEIA MAIS:

Zidane, sobre Mbappé: “Jogadores não ficam contentes quando são substituídos”

Juventus parabeniza Cristiano Ronaldo pelo seu aniversário: “Já vivemos momentos inesquecíveis”

Dirigente do Barcelona projeta que Matheus Fernandes terá oportunidades no futuro: “É um jogador completo”