De Diego Cavalieri a Castilho: conheça os goleiros que mais atuaram pelo Fluminense

O Torcedores.com listou os 10 jogadores que mais vestiram a camisa 1 do Fluminense

Wilson Pimentel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação /Fluminense

O Fluminense é um clube com uma história repleta de títulos marcantes e com grandes ídolos. Vários jogadores, nesse ínterim, escreveram seus nomes na galeria de campeões do clube. E os goleiros não ficam fora dessa relação. Afinal, o Tricolor das Laranjeiras sempre foi contou com os melhores jogadores da posição ao longo dos anos.

Cartão de crédito sem anuidade? Abra sua conta Meu BMG agora!

Você conhece o canal do Torcedores no Youtube? Clique e se inscreva!

Siga o Torcedores também no Instagram

Alguns arqueiros conseguiram ter passagem vitoriosa pelo Fluminense. Carlos José de Castilho, só para exemplificar, para muitos foi o maior goleiro de todos os tempos. Por outro lado, os torcedores mais tradicionais apontam Marcos Carneiro de Mendonça e Anderson Williams Waterman também habitam os corações tricolores.

Porém, destacar apenas um é uma tarefa quase impossível. Afinal, Diego Cavalieri, Félix e Wellerson também foram importantes para o Fluminense em conquistas históricas. Por isso, o Torcedores.com fez uma lista que leva em consideração os goleiros que mais vestiram a camisa tricolor.

Wellerson

Revelado nas categorias de base, ele defendeu o Fluminense de 1993 a 1997. Ele, nesse ínterim, foi destaque na conquista do título histórico do Campeonato Carioca de 1995. Wellerson disputou 158 partidas com a camisa tricolor. Com isso, é o 10º goleiro que mais atuou pelo clube.

Kléber

O goleiro das bolas impossíveis defendeu o Fluminense de 2002 a 2005. Kléber, nesse ínterim, disputou 165 jogos e marcou um gol pelo Tricolor das Laranjeiras. É o 9º arqueiro com mais partidas pelo clube. Em cinco temporadas, o jogador, que foi revelado pelo Goiás, conquistou o Campeonato Carioca de 2005.

Jorge Vitório

Foi goleiro do Fluminense de 1956 a 1973. Na passagem pelas Laranjeiras, ele ficou marcado como o substituto imediato de Félix. Jorge Vitório, nesse ínterim, disputou 182 partidas. É o 8º goleiro que mais vezes vestiu a camisa tricolor. Após deixar o clube, o arqueiro atuou pelo Olaria, Vitória e Vila Nova.

Ricardo Pinto

Defendeu o Fluminense de 1987 a 1992. A princípio, o goleiro reforçou o time Sub-20 tricolor. Logo depois, Ricardo Pinto foi promovido ao profissional. Ele, nesse ínterim, venceu o Campeonato Brasileiro de 1984. Além disso, venceu a Copa São Paulo de Futebol Júnior no mesmo ano. Foram 235 pelo clube. Com isso, é o 7º goleiro que mais vezes defendeu o Fluminense.

Fernando Henrique

Ele defendeu a meta tricolor de 2002 a 2010. Com 235 jogos, é o 6º goleiro que mais vezes vestiu a camisa do Fluminense. FH, nesse ínterim, conquistou quatro títulos pelo Tricolor das Laranjeiras: Campeonato Brasileiro de 2010, Copa do Brasil de 2007, além do Campeonato Carioca de 2002 e 2005.

Batatais

Algisto Lorenzato Domingos, o Batatais, chegou ao Fluminense após atuar pela Portuguesa e Palestra Itália. Ele atuou pelo Tricolor das Laranjeiras de 1935 a 1947. O goleiro, nesse ínterim, disputou 308 jogos pelo clube. É o 5º goleiro que mais vezes defendeu a meta do clube da Rua Álvaro Chaves.

Félix

É considerado um dos melhores goleiros da história do futebol mundial. O ídolo tricolor foi titular do Brasil na conquista da Copa do Mundo de 1970. Ele defendeu o Fluminense de 1968 a 1978. Félix, nesse ínterim, disputou 319 partidas. É o 4º goleiro que mais defendeu o clube. Além disso, o lendário arqueiro venceu o Campeonato Brasileiro de 1970 e o Campeonato Carioca de 1969, 1971, 1973, 1975 e 1978.

Diego Cavalieri

O Mutante defendeu o arco tricolor de 2011 e 2017. É considerado um dos maiores ídolos da história recente do Fluminense. Diego Cavalieri, nesse ínterim, somou 352 partidas com a camisa tricolor. É o 3º goleiro com mais jogos pelo Tricolor. Além disso, ele entrou para a galeria de campeões do clube ao vencer o Campeonato Brasileiro e o Campeonato Carioca, em 2012, além da Copa da Primeira Liga de 2016.

Paulo Victor

O paraense é o 2º goleiro que atuou pelo Fluminense. Ele disputou 365 jogos entre 1981 e 1987. Carismático, Paulo Victor conquistou o Campeonato Brasileiro de 1984. Além disso, foi Tricampeão Carioca em 1983. 1984 e 1985. O goleiro, nesse ínterim, foi convocado por Telê Santana para integrar o grupo do Brasil na Copa do Mundo de 1986.

Castilho

Foi campeão das Copas do Mundo de 1958 e 1962. Porém, o goleiro foi reserva nas duas ocasiões. É o recordista de partidas pelo Fluminense. Entre 1946 e 1964, Carlos José Castilho disputou 697 partidas pelo clube. Ele, nesse ínterim, venceu a Copa Rio de 1952, o Torneio Rio-São Paulo de 1957 e 1960, além do Campeonato Carioca de 1951, 1959 e 1964.

Após contundir o seu dedo mínimo esquerdo pela quinta vez, o médico do clube disse que Castilho deveria passar por dois meses de tratamento, entretanto, ele resolveu amputar o dedo para retornar mais rápido aos jogos. Duas semanas depois da amputação, ele já havia voltado a defender as cores do Fluminense.

LEIA MAIS: